Author`s name Timothy Bancroft-Hinchey

Genilson Coutinho participa do IV Seminário Nacional de Segurança Pública Sem LGBTIfobia

Genilson Coutinho participa do IV Seminário Nacional de Segurança Pública Sem LGBTIfobia

 

Genilson Coutinho, militante LGBTQI+ e editor-chefe do site Dois Terços, participa nesta sexta-feira (6), do IV Seminário Nacional de Segurança Pública Sem LGBTIfobia, na Universidade Federal da Bahia (UFBA), em Salvador.

 

O seminário com o tema "Segurança Pública e Interseccionalidades" é promovido pela Rede Nacional de Operadores de Segurança Pública LGBTI+ - RENOSP LGBTI+, entendendo a importância de discutir as diferentes sobreposições de regimes de regulação que oprimem as pessoas de formas diversas. Para dar visibilidade a essa questão fundamental, pretende-se discutir direitos humanos no viés da segurança pública sob uma perspectiva interseccional.

 

É de extrema importância o debate sobre direitos humanos, diversidades e segurança pública no Brasil, nos tempos atuais, para que possamos ter mais perspectivas democráticas de atuação das forças de segurança pública, com o estabelecimento de estratégias de atuação conjunta na garantia dos direitos das pessoas LGBTI+ e para a consecução de efetiva dos direitos fundamentais previstos em lei.

 

Essa e outras atividades fazem da RENOSP LGBTI+, que é aberta ao público, e acontece no campus Ondina, da Universidade Federal da Bahia, a partir das 8h. A RENOSP LGBTI+ é um grupo atuante e relevante no combate à LGBTIfobia no Brasil, bem como, em relação às demais violações de Direitos Humanos, fomentando boas práticas e a construção de uma segurança pública que paute na agenda de atuação o respeito às questões identitárias.

 

Neste contexto, o diálogo e o debate entre os servidores públicos ligados à segurança pública são fundamentais. Espaços formativos sobre o tema são imprescindíveis para levar aos profissionais de segurança pública a reflexão de práticas com o entendimento da realidade na qual atuam.

 

A segurança pública é, também, prevenção e participação social. Pretende-se que esse debate e as trocas de experiências exitosas sirvam para construir conhecimento e, inclusive, orientar novas práticas na relação entre a polícia e a sociedade.

 

O IV Seminário Segurança Pública sem LGBTIfobia conta com o apoio da Universidade Federal da Bahia, do Sindicato dos Professores das Universidades Federais da Bahia (APUB), do Diversidade e Pessoas com Deficiência (Diversilibras) e do Núcleo de Apoio à Inclusão do Aluno com Necessidades Educacionais Especiais.

 

 

(Fotos: Divulgação)

Helder Azevedo

Bizcomunicação