Author`s name Timothy Bancroft-Hinchey

Aeronave não tripulada da PF combate crimes na fronteira

Uma aeronave sem tripulantes vai ajudar no combate ao crime, especialmente na fronteira. Trata-se do Veículo Aéreo Não Tripulado (Vant), ferramenta de altíssima tecnologia, de fabricação israelense, adquirida em meio ao programa de aparelhamento da Polícia Federal.
O sistema foi apresentado pela PF, nesta segunda-feira (27), com a presença do ministro da Justiça, Tarso Genro, no aeródromo de São Miguel do Iguaçu/PR, localizado a 40 km de Foz do Iguaçu.


Voando sem tripulação, a aeronave é controlada remotamente, na terra. O equipamento leva embarcações potentes, como câmeras, que permitem a visualização, mesmo em grande altitude, do movimento de veículos e pedestres.


O VANT é capaz de voar por 37 horas ininterruptas, cobrindo mais de 1000 km. Durante o voo, o aparelho tem competência para fotografar ou filmar pessoas ou objetos no solo, de uma altura que pode chegar a 30 mil pés (10 km), com nitidez.


O aparelho, com mais de dez metros de envergadura, é o primeiro de uma série de três aeronaves adquiridas pela Polícia Federal, que assim se torna a primeira polícia do mundo a operar o equipamento, já utilizado em escala militar por diversas forças.


Treinamento – Nesta primeira fase do projeto, a PF recebe o sistema para avaliação e aquisição, previstas para o final de 2009. Nessa etapa, estima-se a criação de quatro bases, que utilizarão um total de 14 aeronaves. Brasília abrigará, além de uma das bases, um centro de treinamento para os operadores do sistema.


O investimento feito em cada uma das aeronaves é de aproximadamente R$ 8 milhões. O contrato de aquisição do Vant prevê a transferência de tecnologia para a indústria nacional, de acordo com as diretrizes do governo federal.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República