Author`s name Timothy Bancroft-Hinchey

Ataque aos emigrantes brasileiros em Paris

No dia 10 de Junho ocorreu uma vasta operação de polícia (gendarmerie) contra uma pretendida rede de imigração clandestina. O procedimento foi semelhante ao da operação do Foyer terres au Curé no 13ºbairro de Paris, em Fevereiro, porém, neste caso, os lugares de detenção são vários; o requerimento do Procurador da República, sob o pretexto de inculpar pessoas que exploram e acolhem imigrantes em condições indignas, permite a « detenção » de várias dezenas de Sem papéis (pelo menos 80).

No dia 10 de Junho ocorreu uma vasta operação de polícia (gendarmerie) contra uma pretendida rede de imigração clandestina. O procedimento foi semelhante ao da operação do Foyer terres au Curé no 13ºbairro de Paris, em Fevereiro, porém, neste caso, os lugares de detenção são vários; o requerimento do Procurador da República, sob o pretexto de inculpar pessoas que exploram e acolhem imigrantes em condições indignas, permite a « detenção » de várias dezenas de Sem papéis (pelo menos 80).

Uma vez mais, tudo isto só tem uma finalidade: contabilizar detenções, aterrorizar e"precarizar" os sem-papeis. Os brasileiros vitimas desta rusga estão agora divididos por vários centros de retenção. A prefeitura do 93 já reservou voos para os expulsar, pelo menos três já foram expulsos. E ainda não acabou. Diversas operações do mesmo genro, contra brasileiros estão previstas nas próximas semanas. Nenhum meio de comunicação social deu relevo a esta operação, nem manifestou qualquer tipo de preocupação relativamente à situação dos brasileiros sem papéis.

Apenas o discurso oficial da prefeitura! O estado francês organiza rusgas contra dezenas de pessoas de mesma nacionalidade, as seis da madrugada, no seu domicílio e no maior dos segredos. E prepara-se para as expulsar. Qualquer um pode imaginar como decorre, de madrugada, a detenção de dezenas de pessoas por uma chusma de polícias.


Pedimos ao Consulado Brasileiro que tome uma posição clara sobre esta situação e sobre o que pode vir a acontecer. Pedimos lhe que dê protecção aos seus « cidadãos » que vivem sob a ameaça do rapto, da detenção e expulsão, recusando assinar as autorizações de saída.


Pedimos a libertação de todos os sem papéis interpelados.

Associação de Cidadãos Brasileiros em Paris