Pravda.ru

Desporto

Defensor Sporting 4 x DIM 3

23.04.2009
 
Pages: 12

TREINADORES: Santiago Escobar (principal). Adito: Leonel Álvarez.

ÁRBITROS: Central: Federico Beligoy (argentino). Bandeirinhas: Ricardo Casas e Francisco Rocchio (argentinos).

Árbitro no plantão: Fernando Falce (Uruguai).

Vistoria da Confederação Sul-Americana de Futebol: Fernando Barriocanal (Paraguai)

Controle de Dopagem da Confederação Sul-Americana de Futebol: Dr. José Veloso (Uruguai).

Data: Quarta 22 de Abril de 2009.

Hora: 21:50 h

Tempo: Frio (15°C).

Lotação: 17 mil.

GOLS:

PRIMEIRO TEMPO

DSC 1 x DIM 0 – 13´ - Álvaro «Chinês» Navarro (DSC)

DSC 1 x DIM 1 – 19´ - Luis C. Arias (DIM)

DSC 2 x DIM 1 – 35´- Diego Vera (DSC)

SEGUNDO TEMPO

DSC 2 x DIM 2 – 77´ - Juan E. Ortiz (DIM)

DSC 3 x DIM 2 – 82´ - Diego de Souza (DSC)

TEMPO SUPLEMENTAR

DSC 3 x DIM 3 – 92´ - Diego Cabrera (DIM)

DSC 4 x DIM 3 – 93´57” – Álvaro «Chinês» Navarro (DSC)

Resultado final:

DEFENSOR SPORTING (Uruguai) 4 x INDEPENDIENTE MEDELLÍN (Colômbia) 3

A partida acabou sendo um teste cruel para todos aqueles torcedores dos dois times pois o enfarte poderia chegar a cada instante.

Felicidade e tristeza mudaram de camisa oito oportunidades no decorrer do jogo desde o apito inicial pois ás 21:50 h o DIM pisou o gramado classificado para Oitavas.

Logo chegaram sete gols e o último faltando apenas 3 segundos para encerrar o tempo suplementar.

Fica estranho encontrar um goleiro paraguaio destaque como é o Aldo Bobadilla que leve para casa quatro gols no mesmo jogo.

Até ontem , o Defensor Sporting tinha furado duas vezes as redes adversárias nesta edição da Taça Libertadores (e nem duas pois numa oportunidade nem beijou a rede. Foi o erro do Rogério Ceni de São Paulo em Morumbí que acabou introduzindo-se junto com a bola). Porém, o Defensor acordou do cochilo ontem á noite conquistando quatro gols num jogo só.

O grande destaque da noitada «violeta» acabou sendo o camisa sete, Diego de Souza que canhoto da gema e subindo de jeito constante pela faixa esquerda do ataque, daqui a pouco vai trocar de camisa, a «celeste» está ficando mais próxima. Chuta como ninguém faz no futebol uruguaio e fora isso é canhoto, negócio que falta e faltou sempre na seleção uruguaia nessa localização em campo.

Que homem é esse...? Se lembra da música...

É o Diego de Souza !!!

O ex meia colombiano, Leonel Alvarez, mantendo aquela imagem de chefão que tinha com a camisa 5 da seleção colombiana fica do lado do treinador no plantão. Também manteve papos com alguns torcedores do Defensor Sporting que ficaram na Arquibancada América quase do lado dos reservas. Caso ele consiga refletir o que mostrava em campo, pode ser um grande sucesso como treinador principal daqui a pouco tempo.

Em um vestiário colombiano descontraído antes do começo do jogo, dois ex jogadores uruguaios que passaram pelo time colombiano curtiram papos com o pessoal do DIM. O zagueiro Rafael Villazán (Vice Campeão Sul-Americano Júnior 1974 e Campeão Sul-Americano Júnior 1975) e o goleiro Luis «Lucho» Barbat (herói do DIM)visitaram os amigos na prévia.

No entretempo, o goleiro paraguaio do DIM, Aldo Bobadilla fez uma mudança no uniforme. A camisa vermelha do primeiro tempo virou creme mas o resultado final infelizmente para ele ficou igualzinho, derrota no primeiro tempo, derrota no segundo.

Sem aquele agito das torcidas do FLA e do GRÊMIO porto-alegrense, os torcedores do Defensor Sporting acabaram gritando desse jeito que ouve se muito gostoso nos Estádios,

MENGOOO, MENGOOO, MENGOOO

GRÊMIOOO, GRÊMIOOO, GRÊMIOOO,

TORTOOO, TORTOOO, TORTOOO.

O Parque de Diversões «Rodó», antigo Parque Urbano contorna a Concentração e o Estádio do Defensor Sporting. Um dos jogos eletrônicos do Parque é o «Samba» e uma pessoal muito envolvida no início da vida do clube, foi o Juan Sambado. Entre o Samba e o Sambado, o Defensor Sporting pode comemorar uma vitória histórica na Libertadores no Parque de Diversões montevideano. A Avenida Zamayúa no final do século XIX e inícios do XX (hoje Avenida Julio Herrera e Reissig) abre os grandes portões do Estádio Franzini para comemorar com a torcida. Caso for torcedor não esqueça!!!

Correspondente PRAVDA.ru

Gustavo Espiñeira

Montevidéu – Uruguai

Pages: 12

Fotos popular