Author`s name Timothy Bancroft-Hinchey

MDA auxilia no Programa de Agricultura Familiar da Venezuela

Uma equipe da Secretaria de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário (SAF/MDA) visita nesta quarta-feira (4) agricultores do município de Jiménez, na Venezuela. O objetivo é coletar informações que auxiliem na formatação final do Plan Estratégico Nacional Socialista de Agricultura Familiar.


A delegação brasileira é formada pelo diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural da SAF/MDA, Argileu Martins da Silva, pelos técnicos Jacksonvilliam Nagornni e Francisco Hercilio da Costa Matos, e pelo consultor da Assessoria Internacional do MDA, Francesco Pierri. As atividades do grupo prosseguem até a próxima sexta-feira (6).


O coordenador de Política Internacional do MDA, Laudemir Müller, explica que o Brasil vem, desde 2008, cooperando com a Venezuela no desenho de um modelo próprio de agricultura familiar que consiga aumentar a produção de alimentos naquele país. Atualmente, a Venezuela importa 60% de todos os alimentos consumidos. Para reduzir o impacto dessa importação no orçamento das famílias, o governo venezuelano vem adquirindo produtos a preço de mercado e os revendendo à população por valores subsidiados.


“Essa é a terceira missão técnica brasileira enviada à Venezuela, que adotará um modelo de agricultura familiar muito parecido com o do Programa Mais Alimentos desenvolvido pelo Brasil”, explica Müller. O coordenador acrescenta que, com apoio da equipe técnica do MDA, a Venezuela já selecionou regiões e produtores para iniciar seu programa de produção de alimentos alicerçado na agricultura familiar. “O programa terá três grandes eixos: produção pecuária centrada no leite; hortigranjeiros e cereais – principalmente os essenciais à produção de carne e leite”, complementa o coordenador.


Müller adianta que o Programa de Agricultura Familiar da Venezuela será concluído ainda neste semestre, inclusive com o início da liberação de crédito aos produtores. Diante desse cenário de estimulo à agricultura venezuelana, a indústria nacional brasileira poderá contribuir com a venda de máquinas e implementos agrícolas.

MDA