Pravda.ru

Sociedade » Mundo do Showbiz

Aeromoças demitidas da Varig fecham os contratos com Playboy

11.08.2006
 
Aeromoças demitidas da Varig fecham os contratos com Playboy

 Não é a primeira vez que revista masculina “Playboy” aproveita o momento para revelar a nudez de funcionárias de uma empresa em crise. Hoje trata-se da companhia aérea brasileira Varig.

 A revista fechou sua edição com aeromoças demitidas da empresa. Patrícia Kreusburg, 29, Sabrina Knop, 27, e Juliana Neves, 26 --todas loiras-- serão fotografadas em um jatinho de uma empresa de táxi aéreo no final de semana para sair na capa de setembro, informa hoje a coluna de Mônica Bêrgamo na Folha, citada pelo site 24HorasNews.

Em julho, a revista confirmou que tinha interesse em realizar um ensaio de nudez com um grupo de funcionárias da Varig. No mesmo mês, a companhia aérea, vendida para a VarigLog, anunciou a demissão de 5.500 empregados, o que representa um corte de 58% de sua mão-de-obra em todo o país.

A edição de agosto, que comemora o aniversário de 31 anos da revista no Brasil, traz na capa a atriz Flávia Alessandra. 

 Recordamos que  nos EUA, em 2002, a "Playboy" tirou a roupa de funcionárias da Enron, empresa de energia que sofreu um colapso financeiro devido a fraudes. No mesmo ano, empregadas da WorldCom, empresa norte-americana de comunicações, também foram convidadas para um ensaio de nudez.


Loading. Please wait...

Fotos popular