Pravda.ru

Sociedade » Incidentes

Jovem estudante assassinada em uma universidade em Londrina

30.10.2007
 
Jovem estudante assassinada em uma universidade em Londrina

A família da jovem estudante, Amanda Rossi, encontrada orta na segunda-feira (29) em uma universidade em Londrina (PR), acredita que ela tenha sido assassinada por ladrões. A prima de Amanda, Cíntia Santos, de 32 anos, afirmou ao G1 que os pais da garota de 22 anos estão em estado de choque.

Ela havia sumido no sábado (27), quando participava de um evento de dança que ocorria dentro da Universidade Norte do Paraná (Unopar), onde cursava educação física. O corpo foi encontrado por um zelador da Unopar dentro da casa de máquinas da piscina do campus com um ferimento na cabeça. O laudo do Instituto Médico Legal (IML) que vai comprovar a causa da morte vai ficar pronto em dez dias.


Todos os pertences de Amanda sumiram, o que leva a família a acreditar que ela possa ter sido assaltada e morta em seguida. “A bolsa e o celular dela sumiram, então achamos que ela pode ter sido vítima de um latrocínio”, diz Cíntia. “É a única coisa que conseguimos imaginar, porque ninguém esperava um crime bárbaro como esse com uma pessoa que não tinha inimizades”, afirma.

Cíntia estava entre os parentes que fizeram o reconhecimento do corpo. “Ela estava com o rosto muito machucado, mas a polícia disse que não havia sinal de violência sexual. Esperamos agora que seja feito algo para identificar o responsável por esse crime terrível”, afirma.

Amigos de Amanda contaram para os parentes que ela estava no evento quando recebeu um telefonema no celular. Ela saiu do local para atender e não voltou mais. A prima de Amanda contou que, no sábado, constataram que a entrada foi registrada pela catraca da universidade e não constava que ela tivesse saído do campus.

“Amanda era uma pessoa gentil, delicada e gostava muito de dançar, mas não saía à noite. Era professora de catequese e trabalhava em uma loja. Era muito ligada à família”, afirma.

Enterro e passeata

O corpo de Amanda Rossi deve ser enterrado na manhã desta terça-feira (30), no Cemitério Municipal São Pedro, em Londrina, às 10h. Após o enterro, parentes e amigos da universitária assassinada vão realizar uma passeata que vai partir do cemitério e seguirá até o centro da cidade.
“É uma maneira de protestarmos contra a criminalidade, que aumenta a cada dia. Em cinco anos, a cidade cresceu e a segurança não acompanhou esse crescimento”, afirma Cíntia. “Ainda estamos muito abalados com tudo o que aconteceu e só esperamos que o culpado seja encontrado logo”, diz.


Loading. Please wait...

Fotos popular