Pravda.ru

Sociedade » Incidentes

Boxista é condenado por assassinar pedófilo na Rússia

09.11.2008
 
Boxista é condenado por assassinar pedófilo na Rússia

O ex-boxista, Alexander Kuznetsov foi condenado em São Petersburgo. Ele foi considerado culpado de assassinato do pedófilo do Uzbequistão, que atacou o seu enteado, e condenado 2 a 5 anos de prisão, afirmou a agência “Interfax”. Anteriormente, o procurador exigiu punição para Koznetsov cinco anos de prisão.

Dzerzhinsky Tribunal de St. Petersburg considerou a situação de Kuznetsov agravada pelas condenações anteriores de tráfico de drogas e sua dependência de drogas.

No entanto, o tribunal considerou atenuante a confissão de Kuznetsov.

O Tribunal também reconheceu os factos de violência cometidos contra o enteado, assassinado pelo seu conterrâneo de 20 anos, Bahtishod Hayrillaev. Segundo o inquérito, na noite de 1 de Janeiro de 2008, Mikhail Mayorov atacou Hayrillaev que saiu com trauma cerebral e, arranhaduras e machucaduras.

O tribunal resolveu o caso de portas fechadas, devido ao fato de que o caso tem a ver com abusos sexuais contra um menor.

Kuznetsov, confessou culpado, e discordou com a formulação da acusação de que ele cometeu o crime por "motivo pessoal e de vingança."

Dério Nunes


Loading. Please wait...

Fotos popular