Pravda.ru

Sociedade » Incidentes

Polícia recuperou os quadros roubados de Picasso e Portinari

09.01.2008
 
Polícia recuperou os quadros roubados de Picasso e Portinari

A Polícia Civil recuperou dois quadros que foram roubados Museu de Arte de São Paulo (Masp) no dia 20 de dezembro . Se trata de O Lavrador de Café, de Portinari, e O Retrato de Suzanne Bloch, de Picasso, que estão "em perfeita ordem", disse o presidente do museu Júlio Neves na noite desta terça-feira ( 08), informa a imprensa brasileira.

Os quadros foram encontrados em uma casa em Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo , foram examinados por quatro peritos do museu e não apresentaram nenhuma alteração em relação ao estado em que se encontravam na época do furto.

Neves elogiou o trabalho da polícia e disse que considera essa "a maior comemoração em 60 anos de Masp". "Todo cidadão paulista deveria se orgulhar de sua polícia", afirmou.

O presidente disse ainda que vai trocar todo o aparato de segurança do museu, mas não deu maiores detalhes para não facilitar possíveis ações de criminosos.

Segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP) de São Paulo, as obras deverão ser entregues ao museu às 11h de quarta-feira, com escolta da polícia. Neves disse que os quadros já estarão em exposição na reabertura do Masp, prevista para sexta-feira.

O presidente do museu, o secretário de Segurança Pública de São Paulo, Ronaldo Marzagão, e o delegado geral de São Paulo, Maurício José Lemos Freire, estiveram reunidos no Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic) para acertar detalhes da devolução das telas.

Na madrugada de 20 de dezembro, ladrões arrombaram o portão principal do Masp usando um macaco hidráulico. O furto levou 3 minutos, das 5h09 às 5h12. Parte da ação foi gravada pelo circuito interno de TV.

O valor das duas obras juntas é avaliado em US$ 100 milhões. Os quadros pertencem ao acervo permanente do Masp e estavam no segundo andar do prédio, distantes uma da outra.


Loading. Please wait...

Fotos popular