Pravda.ru

Sociedade » Incidentes

ICS debate violência urbana em Portugal e no Brasil

05.02.2009
 
ICS debate violência urbana em Portugal e no Brasil

Jornada sobre Segurança e Violências Urbanas - O Instituto de Ciências Sociais (ICS) realiza no próximo dia 10, terça-feira, a “Jornada sobre Segurança e Violências Urbanas: Perspectivas Comparadas entre Brasil e Portugal’. O objectivo deste encontro é discutir o fenómeno da violência urbana em Portugal e no Brasil, através do visionamento de dois documentários – um deles inédito e outro premiado no Festival Indie Lisboa – e um debate com investigadores sociais.

O Instituto de Ciências Sociais (ICS) realiza no próximo dia 10, terça-feira, a “Jornada sobre Segurança e Violências Urbanas: Perspectivas Comparadas entre Brasil e Portugal’. O objectivo deste encontro é discutir o fenómeno da violência urbana em Portugal e no Brasil, através do visionamento de dois documentários – um deles inédito e outro premiado no Festival Indie Lisboa – e um debate com investigadores sociais.

Esta jornada será assim constituída por dois momentos distintos: um primeiro em que os convidados serão conduzidos a assistir à exibição do documentário “Entre muros e Favelas” de S. Dezik, K. Wagenschein e M. Jerónimo, que conta com a colaboração de moradoras das favelas do Rio de Janeiro. Em seguida, irá assistir-se a “Via de Acesso” de Nathalie Mansoux, vencedor do Prémio Melhor Longa-Metragem do Festival Indie Lisboa, sobre a integração de trabalhadores vindos do campo e das ex-colónias em Lisboa.

O debate que se segue é moderado pelo antropólogo João de Pina Cabral, a socióloga Susana Durão e a investigadora brasileira Márcia Leite e vai contar com a presença de eminentes cientistas sociais provenientes de universidades portugueses e brasileiras.

O debate estará focado em dois eixos distintos. O primeiro refere-se às chamadas “violências urbanas” que têm vindo a conectar-se com as favelas, bairros pobres e com os processos de segregação das suas populações. Sobre este ponto serão equacionadas modalidades de integração e/ou relegação das populações, bem como as políticas públicas destinadas a essas populações e os seus resultados.

O segundo eixo abordará questões tão diversas como as relações entre a “segurança pública” e a transformação dos mandatos policiais. Interessa discutir neste ponto a forma como a experiência das populações residentes nesses territórios se articulam com as instituições estatais e seus funcionários, particularmente com os polícias.

Fonte: IMAGO


Loading. Please wait...

Fotos popular