Pravda.ru

Sociedade » Incidentes

4 de julho - Nada A Celebrar

04.07.2008
 
4 de julho - Nada A Celebrar

Enquanto os americanos celebram o 4 de Julho…muitas famílias cancelaram os planos de férias devido aos preços elevados do gasolina. Os regulamentos novos e ridículos das linhas aéreas a respeito da bagagem igualmente apresentam outro desafio para viajantes.

A economia está num estágio que poderia mais corretamente ser referido como “os chocalhos da morte” pois as famílias perdem seus lares por causa das hipotecas, o preço do alimento sobe…mas no entanto o “dinheiro” continua a fluir para a destruição do Iraque, Palestina e Afeganistão sem que o congresso dos EUA deixe de aprovar contas ridículas da despesa da guerra contra os desejos dos eleitores. Contudo os programas sociais, por exemplo de cuidados médicos, são não-existentes ou desadequados.

O EUA igualmente ganharam a distinção de ser uma das nações as mais odiadas do planeta, ao lado de Alemanha de Hitler com as intervenções, arrogância, morte e destruição que o império perpetrou em torno do globo. O Patriot Act e a fiscalização para “terroristas domésticos e estrangeiros” corroeram todas as liberdades ganhas pelos fundadores da nação; estes mesmos fundadores não reconheceriam mesmo o monstro em que a nação que fundaram tornar-se-ia.

Assim esta data do infâmia poderia ser passada em reflexão sobre o que aconteceu a esta nação, os EUA. Aonde começou o mal e o que deve ser feito para mudá-lo? O mundo permanece optimista que de algum modo, alguma maneira, os norte- americanos de despertem, acordem e façam algo. Os meios elitistas corporativos ainda têm-nos agarrados num nevoeiro de irrealidade…uma situação triste.

O “Irmão Grande” está vivo e vive bem nos EUA.

Lisa KARPOVA

PRAVDA.Ru

USA/CANADA


Loading. Please wait...

Fotos popular