Pravda.ru

Sociedade » Curiosidades

Aprovada proposta de Os Verdes para a edificação do Memorial às vítimas das guerras coloniais

27.02.2019
 
Aprovada proposta de Os Verdes para a edificação do Memorial às vítimas das guerras coloniais. 30532.jpeg

Foi aprovada, na Assembleia Municipal de Lisboa, uma recomendação do PEV pela edificação do Memorial às vítimas das guerras coloniais. Tratando-se de uma homenagem há muito defendida por antigos militares, incluindo a Associação dos Deficientes das Forças Armadas, e que representaria uma justa sinalização da participação de muitos milhares de jovens na Guerra Colonial. Seria uma singela reparação, mesmo que simbólica, pelas consequências sofridas pelos cidadãos vítimas daqueles conflitos armados.

Recorde-se que, entre 1961 e 1974, segundo dados do Estado-Maior General das Forças Armadas, as guerras coloniais mobilizaram 150 mil efectivos militares, sorvendo mais de 90% da juventude portuguesa masculina. Durante os treze anos de guerra, morreriam mais de 8 mil homens e ficariam feridos ou incapacitados cerca de 100 mil portugueses, cerca de 23% do contingente 'metropolitano' e 77% dos soldados recrutados nas próprias colónias, para além de inúmeras vítimas mortais, entre civis brancos e negros.

Estas guerras provocaram ainda ferimentos e deficiências físicas em cerca de 20 mil militares portugueses, dos quais 5.120 com grau superior a 60%, estimando-se que entre os africanos o número tenha sido muito superior. Mais de 100 mil terão ficado psicologicamente afectados.

Nesse sentido, Os Verdes propuseram por isso que, para além de dialogar com as associações militares e de deficientes, a CML proceda finalmente ao lançamento da 'primeira pedra' em data considerada significativa para esse justo tributo público.

Por fim, os deputados ecologistas viram ainda serem aprovados por unanimidade a sua Saudação ao 8 de Março - Dia Internacional da Mulher e um Voto de pesar pelo falecimento de José Carlos Sequeira Costa.

Os Verdes

 


Loading. Please wait...

Fotos popular