Pravda.ru

Sociedade » Curiosidades

Preservativos «mais baratos que um cigarro» para promover o sexo seguro

26.11.2007
 
Preservativos «mais baratos que um cigarro» para promover o sexo seguro

No âmbito de uma campanha a nível europeu para promover o sexo seguro, a fundação holandesa Jippy vende cada unidade deste meio de contracepção. Para esta fundação, o elevado preço dos preservativos é uma das causas do decréscimo da sua utilização entre os jovens, por isso, prometem vendê-los a um preço «mais barato que um cigarro» .

«Para reduzir os argumentos a favor do sexo sem protecção, lançámos no mercado os preservativos Jippy numa caixa de 10 unidades ao preço de um euro», lê-se na página da fundação na Internet, onde é referido que tem como objectivo instalar o maior número de máquinas de venda em escolas e lugares de ócio na Europa.

«Nestas máquinas, vende-se um pacote especial de 5 unidades a 50 cêntimos», explica a instituição, apontando que para a instalação de um destes distribuidores bastará aos responsáveis dos locais preencher um formulário de pedido.

O jornal espanhol El País refere que 10 por cento das 25 mil pessoas que ficam infectadas com o vírus HIV na Europa têm idades entre os 15 e os 24 anos e que muitos destes casos se devem à prática de relações sexuais desprotegidas.

Apesar do preço de fabrico de cada preservativo não alcançar 10 cêntimos, estes chegam a ser vendidos a mais de um euro nas lojas.

Na Holanda, a campanha da Jippy visa de forma especial os mais jovens, e os preservativos são vendidos em centros para jovens e escolas, além de locais mais habituais como farmácias, supermercados e máquinas de venda automática, segundo as informações de Potugal Diário.


Loading. Please wait...

Fotos popular