Pravda.ru

Sociedade » Curiosidades

Dia do Guiness celebrado por todo o lado

08.11.2006
 
Dia do Guiness celebrado por todo o lado

Amanhã em todo o mundo será celebrado o segundo dia internacional do Livro Guinness dos recordes. Os países diferentes têm os seus eventos ligados com esta data.

No Brasil em São Paulo o chinês Xi Shun, 55 anos, caminhará hoje em um trecho da avenida Paulista. Na seqüência, vai autografar o “Guinness”, livro no qual é apontado como o homem mais alto do mundo atualmente, com 2,36 m. Há um ucraniano com 2,55 m, mas ele não entrou na disputa por sofrer de gigantismo. Com sapatos número 57 e 117 quilos, Shun já foi jogador de basquete e pastor de animais. Desde que saiu no “Guinness”, em 2005, vive da fama. Mesmo com o sucesso, lamenta nunca ter tido uma namorada.

Na esplanada da Defense, da capital francesa, os participantes unirão seus lábios aos de seus acompanhantes com o objetivo de reunir o maior número de pessoas em um beijo coletivo.

Felizmente para os participantes de tão expressiva demonstração de afeto, o desafiante que decidiu bater o recorde de ingestão de dentes de alho estará em Auckland, Nova Zelândia.

No Japão será celebrada a maior cerimônia de chá. Em Nova York, tentarão trancar o maior número de cascavéis no esgoto. E a África do Sul terá o maior varal do mundo formado apenas por sutiãs.

Na Espanha, os participantes organizarão o maior 'speed-dating', um encontro às escuras em que cada pessoa tem alguns minutos para falar com cada um dos presentes com a finalidade de encontrar um parceiro.

A maior concentração de bailarinos e o concerto mais longo com artistas diferentes estarão no Canadá, onde também é organizada a maior coletiva de imprensa subaquática.

Na Grã-Bretanha, a fonte da praça londrina de Trafalgar sediará um inusitado show de balé aquático. "É evidente que o fenômeno de bater recordes é mais popular do que nunca e este dia é nossa forma de homenagear esta vontade das pessoas de se superarem", disse na terça-feira, em Londres, Craig Glenday, editor do Livro Guinness. Ele explicou ter recebido 65 mil pedidos de validação de recordes, dos quais foram aprovados 2.244.

"A intenção é estimular as pessoas a bater recordes, embora este seja um interesse importante durante todo o ano", informou uma porta-voz do evento, que destacou que a primeira edição do dia internacional dos recordes, no ano passado, foi um "grande sucesso". Aquele que quiser entrar para a história terá um amplo leque de opções.

A idéia do Livro Guinness, que em novembro de 1974 se tornou o mais vendido no mundo, à frente da Bíblia e do Corão, nasceu de uma discussão durante uma caçada em 1951 para determinar quais entre duas aves - a tarambola-dourada ou o tetraz - era o animal voador de caça mais rápido da Europa. Um dos participantes da conversa foi Hugh Beaver, diretor-geral da cervejaria irlandesa Guinness, que em 1955 publicou a primeira edição do livro. Desde então a obra está em 37 países, foi traduzida para 37 idiomas e vendeu mais de 100 milhões de exemplares no mundo.


Loading. Please wait...

Fotos popular