Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Cuba lembra da defesa histórica de Fidel Castro

17.10.2019
 
Cuba lembra da defesa histórica de Fidel Castro. 31931.jpeg

Cuba lembra da defesa histórica de Fidel Castro

 

Santiago de Cuba, 16 out (Prensa Latina) Juristas cubanos reunidos na Sala do plenário do Tribunal Popular Provincial evocaram hoje a alegação histórica de legítima defesa de Fidel Castro conhecido como A história absolverá, o que declarou aqui há 66 anos.

 

Nesse imóvel patrimonial, antigo Palácio de Justiça, começou em 21 de setembro de 1953 o caso 37, seguido pelos jovens revolucionários que participaram do assalto ao Quartel Moncada em 26 de julho daquele ano sob a liderança do então mais novo advogado.

O edifício foi também um dos três principais objetivos da ação ousada, junto à segunda fortaleza militar do país -quartel Moncada- e o hospital civil Saturnino Lora, os três localizados bem perto e numa das alturas do centro histórico urbano.

Como uma manobra para tirar Fidel da audiência pelo medo de seus argumentos devastadores, o regime de Fulgencio Batista alegou uma suposta doença decidiu o julgá-lo separadamente, quase um mês depois, na pequena Sala de Enfermagem do hospital.

Foi então que o réu pronunciou seu discurso, e tornou um documento programático da Revolução com a reflexão dos males do desenvolvimento econômico e social, a exploração descarnada da força de trabalho, o desemprego, a insalubridade, a corrupção e outros males republicanos. A história absolver-me-á foi a frase com a qual o jurista fechou seus argumentos, com a convicção da justiça das ideias que os levaram a enfrentar a morte nos muros do quartel Moncada e de que apesar das possíveis condenações, a Pátria o tornará liberto da culpa.

jha/mca/bm

https://www.prensalatina.com.br/index.php?o=rn&id=26663&SEO=cuba-lembra-da-defesa-historica-de-fidel-castro

 


Fotos popular