Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Vídeo-reportagem preserva tradições lusas

14.03.2008
 
Vídeo-reportagem preserva tradições lusas

O vídeo-reportagem Rancho Folclórico Tricanas de Coimbra: a preservação do folclore português mostra que, na Baixada Santista, há um espaço de Portugal muito bem preservado e representado por folcloristas luso-brasileiros. O vídeo-reportagem, trabalho de conclusão de curso em Jornalismo, foi apresentado pelos alunos Anderson Araújo, Auni Nasser Mallat e Éderson Bertocchi à Faculdade de Comunicação Social e Artes do Centro Universitário Monte Serrat (Unimonte), de Santos-SP, e teve orientação do professor e jornalista Adelto Gonçalves, doutor em Letras pela Universidade de São Paulo, e da jornalista Christianne Leite, professora da disciplina de Telejornalismo.

O jornalista recém-formado Ederson Bertocchi, integrante do grupo de danças do Rancho Folclórico, disse que a preservação do folclore português na região tem se dado, em grande parte, em função da atuação do Tricanas de Coimbra, que representa as tradicionais festas, trajes, danças e cantares das regiões da Beira Litoral e Distrito de Coimbra.

O Rancho iniciou suas atividades em 17 de agosto de 1962, sendo o mais antigo da Baixada Santista. Já percorreu todo o Estado de São Paulo e Rio de Janeiro, mostrando as danças e a música daquelas regiões de Portugal. “O clube ficou sem o folclore durante 13 anos, entre 1978 e 1991, quando houve uma reformulação em suas atividades”, observa Bertocchi. “O que move o grupo é a vontade de trazer um pedacinho de Portugal para perto de seus filhos”, acrescentou.

A reestréia do grupo folclórico deu-se em março de 1991, com os veteranos dando ênfase às danças típicas da região à beira do Rio Mondego. O ressurgimento legou uma herança cultural para o grupo atual formado, em sua maioria, por luso-descendentes, além de simpatizantes, como o próprio Bertocchi, que não é originário de família portuguesa.

Foram entrevistados Jorge Rodrigues do Valle, presidente do Rancho Folclórico Tricanas de Coimbra, Álvaro Sobral e José Rodrigues Liberadi, ex-presidentes, o empresário Armênio Mendes, o diretor do folclore do grupo, José Soares Lopes, e a ensaiadora Ana Cláudia Sobral Bongiovani, além de músicos, cantadores e outros componentes do grupo de danças.

Para a professora Christianne Leite, o trabalho atendeu a todos os objetivos com “um texto bem amarrado, depoimentos ricos e ampla pesquisa histórica a respeito do Rancho Folclórico Tricanas de Coimbra, além de apresentar uma trilha sonora bem selecionada”.

Prof. Dr. Adelto Gonçalves


Loading. Please wait...

Fotos popular