Pravda.ru

Sociedade » Cultura

Santa Catarina lança projeto pioneiro Planeta Leitura

13.10.2008
 
Santa Catarina lança projeto pioneiro Planeta Leitura

Por Suely Aguiar


“O livro é o objeto mais importante que o ser humano inventou” (Ziraldo).

Mais de mil pessoas, a maioria estudantes e professores da rede pública estadual, lotaram o auditório do Centro Integrado de Cultura, nesta última quinta-feira (9), para participar do Lançamento do Projeto Planeta Leitura. O Projeto tem como principal objetivo o incentivo à leitura e está sendo implantado nas escolas da rede pública estadual, numa parceria entre Secretaria de Estado da Educação e a Editora Melhoramentos. O evento, que contou com a presença de várias autoridades, abriu com uma palestra do escritor Ziraldo. “Fiquei muito feliz e honrado que Santa Catarina entendesse esse projeto. É um fato histórico e a mudança do ensino brasileiro começa por aqui”, declarou o autor do livro O Menino Maluquinho.

Toni Brandão, que faz parte da coletânea Ziraldo e Amigos, também esteve presente no evento, integrando a mesa junto com o governador em exercício, Leonel Pavan; do secretário da Educação, Paulo Bauer; e do diretor geral da SED, Silvestre Heerdt. Também participaram do lançamento o diretor de Educação Básica da SED, Antônio Elízio Pazeto, o gerente regional de Educação da Grande Florianópolis, Ari Cesar da Silva, o prefeito em exercício da Capital, Bita Pereira, o secretário municipal de Educação Rodolfo Pinto da Luz, entre outras autoridades e público em geral.

A partir do lançamento do Planeta Leitura, os cerca de 420 mil alunos do ensino fundamental, de 1ª a 9ª série, serão beneficiados com a distribuição, por parte da Secretaria, de 34.146 coleções do “Ziraldo e seus Amigos”. Cada turma do ensino fundamental receberá duas maletas com doze livros cada uma, do escritor Ziraldo e de outros autores brasileiros, entre eles Ruth Rocha e Ana Maria Machado.


Durante a solenidade, o secretário da SED aunciou que atualmente estão sendo feitos vários investimentos em projetos de incentivo à leitura. Os 220 mil estudantes do ensino médio já receberam quatro livros de literatura de autores consagrados no Brasil: Machado de Assis, José de Alencar, Aluizio de Azevedo e Cruz e Sousa. Em 2009, os alunos receberão obras de escritores catarinenses e, também no próximo ano, todos os professores de Língua Portuguesa serão contemplados com dicionários de Português.

Ziraldo teceu elogios ao governador Luiz Henrique, “que tem uma conversa muito agradável e lê sobre tudo”, e ao secretário Paulo Bauer “que teve a lucidez e a coragem de se empolgar com esse projeto, ousado e inovador”. Para o escritor, o grande problema no Brasil é a falta da Leitura. “O jovem chega à universidade, analfabeto, sem saber ler e sem gostar de ler”, ressaltou. O secretário da Educação aconselhou as crianças e adolescentes presentes complementando Ziraldo: “É fundamenta ler cada vez mais e compreender o que se lê. A partir da leitura, vocês aprenderão melhor as outras disciplinas”.

http://www.guiasaojose.com.br/novo/coluna/index_novo.asp?id=1690


Loading. Please wait...

Fotos popular