Pravda.ru

Ciência

No México encontraram o sistema de escrita mais antiga

25.09.2006
 
No México encontraram o sistema de escrita mais antiga

Uma equipe dos arqueólogos mexicanos identificaram em uma pedra encontrada pelos índios no sul do estado de Veracruz, na costa do Golfo do México, os símbolos de um sistema de escrita até agora desconhecido e que pode ser o mais antigo das Américas. A pedra pesa 12 quilogramas e mede 13 centímetros de espessura, informa revista Science.


"É uma pedra que reúne em um só bloco ícones e símbolos que aparecem como decoração em outras peças da arte olmeca", explicou a EFE o arqueólogo Ponciano Ortiz, do Instituto de Antropologia da Universidade Veracruzana.


Ortiz e sua colega, María del Carmem Rodríguez inspecionaram em abril de 1999 no município de Jáltipan, Vercacruz, várias peças de cerâmica e artefatos vermelhos feitos de pedra quebrada e uma pedra com inscrições encontradas em uma canteira da qual os indígenas tiravam material para fazer um caminho.

Os arqueólogos a denominam "o bloco de Cascajal", por causa do local onde está a canteira. Ortiz disse que vários dos símbolos escritos nas pedras foram encontrados em outras esculturas e monumentos da cultura olmeca, porém "o curioso desta pedra é que no bloco, os símbolos são os mais importantes".


Os investigadores assinalaram a presença de 28 símbolos diferentes ainda que a seqüência repetida por alguns deles inclua um total de 62 inscrições.
"A primeira, começando desde cima e à esquerda é uma abelhinha seguida por duas flores", disse Ortiz.

 
Também merece destaque um símbolo que ao que tudo indica representa uma espiga e a "presença repetida da abelha e de alguns recipientes sugerem que possa estar ligado à produção de mel", disse acrescentando que não saberem "do que se trata. É um sistema desconhecido".
"Pode ser uma lista de produtos ou um registro para a arrecadação de tributos. Também podem ser elementos vinculados a algum significado religioso", assinalou Ortiz.


"O bloco de Cascajal" não pode ser datado a partir do método do carbono 14, porém os arqueólogos disseram que segundo as características do lugar onde foi encontrado poderia ser de 2600 a 2900 anos atrás.


Segundo os arqueólogos, as inscrições revelam que essa civilização tinha um alto nível cultural e um sistema desconhecido de escrita que demonstra seu alto grau de complexidade.
Por causa de seus elementos muito claros, a seqüência e sua ordem de leitura "o texto cumpre com todos os requisitos de uma escrita", assinalaram os cientistas.



Loading. Please wait...

Fotos popular