Pravda.ru

Ciência

Borrachas escolares de modelos populares provocam até câncer

21.01.2008
 
Borrachas escolares de modelos populares provocam até câncer

 Dois populares modelos de borrachas da Faber-Castell (a branca e a amarela com capa verde), vendidos no Brasil, oferecem riscos à saúde dos pequenos. Análise da Pro Teste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor) mostra que, em caso de ingestão, a substância pode provocar doenças, como câncer.

Segundo O Dia , o teste, feito em dezembro revelou que as borrachas contêm concentração 50 vezes superior ao índice de 0,1% indicado da substância ftalato (que costuma ser usada como aditivo em plásticos). A associação encaminhou a documentação com o resultado dos testes à Faber-Castell. “Até o fim da semana a empresa deverá receber os papéis. Ao conhecer os riscos, deve tomar providências imediatas”, afirmou Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da Pro Teste.

Segundo especialistas ouvidos pela entidade, a substância é altamente tóxica. “A ingestão do produto causa danos ao fígado, rins e pulmões. Ainda que pequena, existe também a possibilidade de câncer”, acrescentou Maria Inês. “As empresas são obrigadas a seguir normas de segurança estabelecidas pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e pelo Mercosul”, acrescentou Dolci sobre o nível excessivo de ftalato.

A Faber-Castell informou, em nota, que o único produto da sua linha no qual se encontrava ftalato era a borracha TK Plast e que, desde setembro de 2007, não utiliza mais a substância. A empresa afirmou ainda que espera receber os resultados para análise, não tendo por enquanto como atestar quais produtos foram submetidos a teste, sua procedência, lote ou qualquer outra informação a respeito. A empresa informou também que “nos EUA não há ainda uma determinação definida de restrição do ftalato e a Comunidade Européia, apenas como medida preventiva, recomendou a retirada desse componente da composição de produtos”.

Ao saber da notícia, a professora Ana Cláudia Simões ficou preocupada. “A lista de material da minha filha de 4 anos pede os produtos da Faber-Castell, inclusive a borracha. Mas não vou comprar por prevenção”, disse.

Ao todo, foram testados nove itens presentes na lista de material das crianças, como colas, canetinhas e guache, mas só as borrachas da Faber-Castell foram contra-indicadas pela Pro Teste.

 Leia na integra o comunicado 


Loading. Please wait...

Fotos popular