Pravda.ru

Ciência

Medicina da UFRJ lança site comemorativo dos 200 anos

19.11.2007
 
Medicina da UFRJ lança site comemorativo dos 200 anos

200 ANOS

Medicina da UFRJ lança site comemorativo dos 200 anos

Lançamento foi durante Sessão Solene dia 5 de novembro

A Faculdade de Medicina da UFRJ lançou oficialmente, dia 5 de novembro, durante Sessão Solene da Congregação que marcou a abertura do ano do bicentenário da instituição, um site com informações dos 200 anos da Faculdade. Além de apresentação e histórico da Faculdade, o site traz o calendário de eventos dos 200 anos, os símbolos, cartazes, logos e selo para download e uma área de cadastro de eventos ( www.medicina.ufrj.br/200anos ).

Os próximos eventos já estão disponíveis. No próximo dia 28 de novembro (quarta-feira), como parte da comemoração dos 200 anos da Faculdade de Medicina da UFRJ, ocorrerá o tributo ao ex-aluno Noel de Medeiros Rosa "A Medicina dá Samba", nos 70 anos de sua morte. Local: Fórum de Ciência e Cultura, Palácio Universitário da UFRJ, Praia Vermelha.

Já no dia 30 de novembro (sexta-feira), acontece a Festa de Adesão dos 199 anos da Faculdade de Medicina, que será no Real Astória (Antigo Restaurante Sol e Mar), às 21h30. Endereço: Av. Repórter Nestor Moreira, 11 - Praia de Botafogo. Informações sobre como adquirir seu ingresso em www.medicina.ufrj.br

Visite o site dos 200 anos: http://www.medicina.ufrj.br/200anos/

Leia o texto de apresentação:

Da Escola Anatômica, Cirúrgica e Médica do Rio de Janeiro aos dias de hoje, a Faculdade de Medicina tem sido um ponto de irradiação da atividade universitária e tem contribuído por meio da atuação de seus funcionários, professores e alunos para a construção da UFRJ.

Chamada de Faculdade de Medicina e Farmácia ainda no século XIX, na primeira metade do século XX foi desdobrada em duas unidades, as atuais Faculdades de Medicina e Faculdade de Farmácia. Pouco mais tarde, a Odontologia também se torna unidade independente.

Com prédio próprio na Praia Vermelha desde 1918, a Faculdade de Medicina viu nascer o seu primeiro "filho" em 1945: o Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF). Em 1955, o segundo, o Instituto de Microbiologia Professor Paulo de Góes (IMPPG), com uma história diferente: sendo professor da Farmácia, Paulo de Góes prestou concurso, assumiu a cátedra da Faculdade de Medicina e unificou as duas microbiologias, fundando o instituto. Em 1969, é a vez do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Em 1972, surge o Núcleo de Tecnologia Educacional para a Saúde (NUTES). Em 1989, o atual Instituto de Estudos de Saúde Coletiva (IESC).

Toda essa ramificação chegou aos "netos". Em 1963, o Núcleo de Pesquisa de Produtos Naturais (NPPN) saiu da Farmácia; em 2004, o Instituto de Ciências Biomédicas deu origem ao Instituto de Bioquímica Médica (IBqM).

Das outras unidades que compõe o Centro de Ciências da Saúde, a Enfermagem (EEAN) e a Nutrição (INJC) têm trajetórias muito próximas da Medicina e uma participação comum nas definições das ações de saúde pública e de formação profissional. Com a Escola de Educação Física (EEFD), o Instituto de Biologia e o recém-criado Núcleo de Pesquisas de Macaé (NUPEM), a Faculdade de Medicina tem inúmeros pontos de contato em projetos de pesquisa e programas de ensino de graduação, pós-graduação e extensão. Os hospitais são, desde sempre, construtores comuns desta história.

O Centro de Ciências da Saúde é hoje um espaço privilegiado da interdisciplinaridade e do intercâmbio constante na atividade acadêmica, a ponto de ser difícil entender a trajetória de qualquer de suas unidades isoladamente.

Ao comemorar seu bicentenário, a Faculdade de Medicina entende que esta celebração é de todos que participaram desta história. É de toda a UFRJ; do Centro de Ciências da Saúde; de seus professores, funcionários e alunos; de seus amigos e familiares. É de todas as instituições que, das mais variadas formas, participam da construção da saúde como direito inalienável de todos os cidadãos brasileiros.


Loading. Please wait...

Fotos popular