Pravda.ru

Ciência

Mulheres escolhem homens por causa de mulheres

19.01.2007
 
Mulheres escolhem homens por causa de mulheres

Um solteirão louco para encontrar uma namorada deveria pensar em contratar algumas mulheres apenas para sorrirem para ele, deixando os genes femininos da imitação fazerem o resto do trabalho, afirmam psicólogos britânicos, segundo os quais, quando procura um homem, a mulher segue as pistas deixadas por outras mulheres ao redor dele.

Se aquelas mulheres olharem para ele com cara de felicidade, isto terá uma forte influência no julgamento daquela que ele pretende conquistar. Quanto mais houver mulheres sorrindo, mais propensa ela estará de considerá-lo um bom partido.

Cientistas chefiados por Benedict Jones, da Universidade de Aberdeen, na Escócia, recrutaram 28 mulheres jovens, com idade média de 24 anos. Inicialmente, as voluntárias examinaram em fotos quatro homens que exibiam expressões neutras e olhavam diretamente para a câmera. Os homens foram exibidos aos pares e, então, as mulheres tinham que avaliar qual dos dois era mais atraente, atribuindo a seu preferido uma nota em escala de um a oito.

Os mesmos rostos foram, então, mostrados novamente para as voluntárias. Mas desta vez, estavam acompanhados de um rosto feminino, observando-o ora com expressão neutra, ora sorridente. Depois disso, as voluntárias examinaram mais uma vez as fotos em pares, repetindo a primeira fase do experimento, e tiveram de fazer uma reavaliação de atratividade.

Muitas revisaram acentuadamente para baixo - em mais de 10%, em média - a avaliação atribuída inicialmente ao homem, quando a foto aparecia ao lado da de uma mulher com expressão neutra. De forma inversa, elas revisaram acentuadamente para cima - 15%, em média - o grau de atratividade de um homem quando sua foto aparecia ao lado da de uma mulher sorridente. Segundo os cientistas, com os homens acontece o contrário.

Vinte e oito por cento de jovens voluntários participaram da mesma experiência, e a taxa de amabilidade que atribuíram para um homem, observado por uma mulher sorrindo, despencou. Mas quando a expressão da mulher foi neutra, a taxa aumentou.

Segundo o estudo, as descobertas desta pesquisa nos dizem muito sobre como a competição sexual afeta as nossas vidas. Homens "desejados" são mais atraentes para as mulheres, mas inversamente representam uma ameaça para os outros homens.

Entre as fêmeas de outras espécies, "a imitação na escolha dos parceiros" já foi observada entre peixes guppies, codornas japonesas e tentilhões-zebra, mas esta é a primeira vez que o comportamento é confirmado empiricamente em humanos.

Psicólogos evolucionistas afirmam que o reflexo da imitação é resultante das pressões darwinianas. Se uma fêmea tem muitos parceiros potenciais, mas enfrenta dificuldades para escolher o melhor - ou fazê-lo despenderia muito tempo e energia -, ela pode tirar vantagem pegando carona no comportamento das fêmeas rivais.

O estudo será publicado na edição desta quarta-feira do jornal Proceedings of the Royal Society B, uma publicação da Royal Society, que é a academia britânica de ciências de fato.

 Tecnocientista


Loading. Please wait...

Fotos popular