Pravda.ru

Ciência

Experiência brasileira ajudará Libéria e Serra Leoa no controle da lagarta-militar

04.02.2009
 
Experiência brasileira ajudará Libéria e Serra Leoa no controle da lagarta-militar

O Brasil dará apoio emergencial a Libéria e Serra Leoa no combate à lagarta-militar (Spodoptera frugiperda), praga que ataca diversas culturas agrícolas, como milho e algodão. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) começa, nesta terça-feira (3), trabalho de cooperação nos dois países africanos, por solicitação do Ministério das Relações Exteriores (MRE). Só na Libéria a praga atingiu plantações de 53 municípios e aldeias.

O pedido de um técnico da Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA) foi feito com base na eficácia do trabalho realizado pelo Mapa no controle efetivo da praga do gafanhoto, que, nos anos 90, afetou plantações em Mato Grosso, Minas e alguns estados do Nordeste.

Lagarta-militar - Principal praga da cultura do milho, a lagarta-militar traz resultados drásticos, interferindo na produção e produtividade da lavoura. Pode ser identificada por sua coloração, inicialmente clara, passando para pardo escuro a esverdeada até quase preta. A praga começa sua alimentação pela casca dos próprios ovos e depois raspa as folhas mais novas da planta. No final da fase, a larva chega a atingir 50 milímetros de comprimento. O combate pode ser realizado com controles biológico e químico.

Fonte: Sec.Pres.Rep


Loading. Please wait...

Fotos popular