Pravda.ru

Federação Russa

Lugovoi: MI-6 assassinou Litvinenko

31.05.2007
 
Lugovoi: MI-6 assassinou Litvinenko

Andrei Lugovoi o empresário e ex-agente do Serviço Federal da Segurança da Rússia (FSB) afirmou hoje, em Moscou, que serviço secreto británico (MI-6) assassinou Alexander Litvinenko.

 Para Lugovoi é esta uma das possíveis versões que explicam a morte por envenenamento de Litvinenko no passado mês de novembro em Londres.  Luguvoi declarou que tem os documentos para confirmar esta versão. Lugovoi disse também que Litvinenko foi recrutado por MI-6.

«Segundo a sua própria confissão, ele foi recrutado e depois, a conselho (do empresário Boris) Berezovski, transmitiu documentos do Conselho de Segurança (russo) e tornou-se um agente do MI-6 », disse Lugovoi conferência de imprensa, primeira desde que as autoridades britânicos ter pedido a sua extradição.

 Segundo Lugovoi  o magnata Boris Beresovski exilado em Londres também trabalha para MI-6.

"Os britânicos, de fato, me pediram para reunir informações comprometedoras sobre o presidente Vladimir Putin e os membros de sua família", disse o ex-agente do serviço secreto russo, afirmando que também recebeu propostas para trabalhar para o Reino Unido .

 Lugovoi disse que  sofreu danos  no resultado do escândalo em torno do caso de Litvinenko  avaliados em cerca de 25 bilhões de dólares. 

 Pravda


Loading. Please wait...

Fotos popular