Pravda.ru

Federação Russa

Mikhail Kalachnikov escreverá uma carta á ONU

26.06.2006
 
Mikhail Kalachnikov escreverá uma carta á ONU

 O autor de mais famoso  fuzil- metralhadora  russo Mikhail Kalachnikov  pretende enviar uma carta  á ONU para manifestar  seu protesto contra  a falcificação das armas de infantaria. Cada vez que este engenheiro russo sai  ao estrangeiro  para participar   numa feira internacional de armamento , se encontra  com as imitações chinesas, búlgaras ou polacas do Kalachnikov, comunica Agência Ria-Novosti.

”Ultimamente o mundo está cheio de cópias piratas que são muito diferentes a meu fuzil”- disse. “

"Não conseguem reproduzí-lo da forma exata . O aço e a tecnologia são distintas...São os modelos muito piores que os russos.”


Segundo Kalachnikov a Rússia é unico país que actualmente fabrica de forma legítima  os fuzis Kalachnikov ao garantir a qualidade.  “ È necessário que o comércio das armas seja civilizado”- insiste  Mikhail Kalachnikov.

  Declarou  que enviaria uma carta  à ONU para solicitar a proibição das imitações piratas , a serem produzidas ilegalmente por mais de  uma dezena  dos paises.” 


Segundo os dados de Rosoboronexport, Rússia perde quase dois milhões  de dólares  cada ano por causa da venda  das cópias piratas dos fuzis Kalachnikov , que representam mais de 80% de mercado global de armas de infantaria.



Loading. Please wait...

Fotos popular