Pravda.ru

Federação Russa

Sensacional! Sensacional! Sensacional!

21.06.2008
 
Sensacional! Sensacional! Sensacional!

Holanda 1 Rússia 3. Que grande vitória para o futebol russo. Que grande vitória para os rapazes de Guus Hiddink, que grande vitória para este magnífico treinador holandês que conseguiu colocar 23 jogadores jovens e com pouca experiência no futebol deste nível, a disputar o jogo de igual para igual com (discutivelmente) a maior selecção de futebol no planeta neste momento durante 120 minutos. E a vencer de forma brilhante.

Os jogadores da Rússia começaram o jogo com o coração de leão. Aos 6’, Yuri Zhirkov esforçou Van der Sar a uma grande defesa na sequência de um ponta-pé livre. Aos 8’, Roman Pavluchenko rematou por cima de cabeça, frente ao guarda-redes holandês.

O primeiro quarto de hora pertenceu à Rússia. Holanda só começou a ameaçar aos 19’, quando Wesley Sneijder deu a volta ao defesa russo Aleksandr Anyukov e rematou…mas contra uma muralha defensiva que já se formou.

Aos 25’, Orlando Engelaar chutou ao lado da baliza de Akinfeev, na sequência de um canto. Aos 30’, Andrei Arshavin levou a bola à área e seu remate foi defendido por Van der Sar; no mesmo minuto, Denis Kolodin desferiu uma bomba de 30 metros, também defendido pelo guardião holandês e aos 32’, o mesmo jogador rematou dos 40 metros, a bola quase raspando o poste.

Aos 36’, Van Nistelrooy esforçou o Akinfeev a uma defesa fantástica.

Na segunda parte, aos 55’, Arshavin raspou o poste de Van der Sar, aos 56’, 1-0 por Roman Pavluchenko. O jogo desenvolveu-se num ataque-ataque…Van der Sar negou o segundo golo da Rússia aos 76’ (Pavluchenko). Aos 79’, Sneijder rematou ligeiramente ao lado, bisou aos 81’ e aos 84’, Van Persie viu dois remates a falhar a baliza por milímetros. Aos 85’, a ameaça concretizou-se com o 1-1 de Van Nistelrooy.

Prolongamento. 95’ Andrei Arshavin driblou para a área, chutou por cima. 96’, Pavluchenko, bola na barra. 99’, Arshavin passa a Torbinski frente ao guardião holandês, que escapou…até aos 112’, Arshavin passa a Torbinski. GOLO! 2-1 para a Rússia.

Aos 116’, o próprio Arshavin enterrou a bola na rede e enterrou o jogo.

3-1 para a Rússia. Mas que milagre fez o Guus Hiddink no futebol russo e que noite de magia aqui em Basileia!

Aleksei FEDEROV

PRAVDA.Ru


Loading. Please wait...

Fotos popular