Pravda.ru

Federação Russa

Rússia e EUA buscam compromissos

18.03.2008
 
Rússia e EUA buscam compromissos

Tanto Vladimir Putin como Dmitri Medvedev se encontraram separadamente com os secretários de Estado e Defesa dos EUA, Condoleezza Rice e Robert Gates.

O presidente atual da Rússia, Vladimir Putin, e seu sucessor, Dmitri Medvedev, coincidiram promover o diálogo com os EUA para superar as diferencias sobre o polêmico escudo antimísseis norte-americano que Washington planeja instalar na Europa. Putin revelou que recebeu uma carta do seu colega norte-americano George W. Bush com propostas de possíveis acordos nos principais âmbitos da cooperação entre dois países.

Putin qualificou de “útil” o diálogo segundo a formula “2 + 2” que Rice e Gates iniciaram em novembro passado e que continuarão hoje com os ministros russos do Exterior, Serguei Lavrov e da Defesa , Anatoli Serdiukov, sobre assuntos da cooperação estratégica.

O próximo presidente russo, Medvedev, sublinha que"ainda existem divergências, nomeadamente no que diz respeito à defesa anti-míssil e ao tratado Start" de redução de armamento estratégico. Mas Dmitri Medvedev garante que partilham "uma mesma vontade e determinação para seguir em frente".

Gates acredita que, até ao fim do mandato de George W. Bush, é possível um acordo sobre o sistema antimíssil que o Pentágono quer instalar na Europa de Leste.

Rice diz que têm de "garantir que existe uma base firme para a continuidade e mudança nas relações entre os Estados Unidos e a Rússia, porque não existe melhor forma de resolver qualquer problema do que através da cooperação".

O projecto para um radar norte-americano na República Checa e uma bateria antimíssil na Polónia conta com forte oposição do Kremlin, que o considera uma ameaça para a Rússia.

Os analistas russos acreditam que as partes estão prontas para atingir compromissos. Para apaziguar Moscou, Washington propõe agora a presença de oficiais russos nas instalações.


Loading. Please wait...

Fotos popular