Pravda.ru

Federação Russa

Assassinos de Kozlov renderam-se à polícia

16.10.2006
 
Assassinos de Kozlov renderam-se à polícia

A polícia moscovita prendeu no fim da semana passada os suspeitos de homicídio de Andrey Kozlov, o vice-presidente do Banco Central da Rússia, assassinado no dia 14 de outubro, informa Kommersant, citado uma fonte da Procuradoria de Moscou.

 O crime foi cometido por três cidadãos da Ucrânia, Alexei Polovinkin, Maxim Proglyada e Alexander Belokopytov. Eles  próprios renderam- se à polícia. Segundo sicários, um mediador nas negociações com um criminoso a encomendar o homicídio se recusou pagar- lhes 20 mil dólares pelo assassinato do banqueiro.

 Eles começaram a sentir-se sob a  vigilância e decidiram render-se à polícia cuidando de sua própria vida. Os assassinos reconheceram Polovinkim ter matado a tiros Kozlov e ter mantido a ligação com o mediador.

 Proglyada  matou o motorista do banqueiro e Belokopytov  ajudou a killers a fugir do lugar do crime. A informãção recebida dos assassinos de Kozlov permite fazer suposição de que criminoso a encomendar o homicídio deva ser procurado entre os dirigentes de  bancos a serem privados das licenças dois meses antes do assasinato.

 Porém, caso o mediador ser matado a descoberta desse criminoso torna-se problemática.

Pravda


Loading. Please wait...

Fotos popular