Pravda.ru

Federação Russa

Funcionário da Roscosmos detido em Áustria por suposta espionagem

14.06.2007
 
Funcionário da Roscosmos detido em Áustria por suposta espionagem

Um membro da delegação russa que participou na reunião do Comitê da ONU para o Uso Pacífico do Espaço foi detido na  Áustria por supostas atividades de espionagem na cidade de Lints, um porto às margens do rio Danúbio,  informou hoje (14) Interfax.

A embaixada da Rússia na Áustria já protestou oficialmente contra a detenção do cidadão russo, um funcionário da agência espacial russa Roscomos. A informação  que foi confirmada pela Roscosmos.

Segundo uma porta-voz da embaixada Tatiana Kupalova a promotoria austríaca confirmou a detenção do cidadão russo. Além dele, as forças de segurança detiveram também um tenente da Força Aérea da Áustria, que supostamente entregou informação militar secreta, noticia hoje o canal da TV russo 24Horas. Os nomes dos detidos mantêm-se em segredo.

É o primeiro caso de  escândalo de espionagem neste ano. Em 2006, cidadãos russos foram detidos no Canadá, Lituânia, Geórgia e Suécia.

Em dezembro, pela primeira vez em mais de uma década, o Canadá deportou um suposto espião russo que durante vários anos tinha vivido no país com uma falsa identidade canadense.

  


Loading. Please wait...

Fotos popular