Pravda.ru

Federação Russa

Proporçoes da corrupção na Rússia equivalem ao orçamento federal

07.11.2006
 
Proporçoes da corrupção na Rússia equivalem ao orçamento federal

As proporções da corrupção na Rússia são comparadas com as proporções do orçamento federal, declarou hoje na entrevista a Rossiyskaya Gazeta o primeiro adjunto do Procurador Geral russo, Alexander Buksman.

 240 bilhões de dólares por ano são pagos de subornos  na Rússia  aos funcionários públicos, disse Buksman. Segundo ele, anualmente um funcionário público pode “ganhar” o dinheiro para comprar uns apartamentos “ de chique”, sendo que a corrupção ter atingido as escalões superiores do poder, disse Buksman.

Nas regiões da Rússia muitos funcionários públicos não escondem ter acumulado o serviço estatal com atividades comerciais, que segundo a lei está castigado como um crime.

Por exemplo, um diretor da Inspeção de caça da República de Altai, paralelamente encabeçava uma empresa, dedicada a organizar caças, comunicou Buksman.

Alias, Alexander Buksman prometeu à Procuradoria endurecer o controle sobre os funcionários públicos .

De acordo com Procurador adjunto, nos últimos seis meses, a Procuradoria investigou e transmitiu ao tribunal os prosessos de mais de 2 mil funcionários públicos envolvidos na corrupção.

Atribuiu-se o merito da investigação do escândalo sobre o projeto  Sakhalin 2. Segundo Buksman, a Procuradoria vai seguir para verificar as atividades das empresas a  violarem a legislação de segurança de natureza.

 Na lista no que respeita a corrupção, publicada hoje pela organização Transparency International (TI) a Rússia está muito mal colocada entre os 30 paises mais corrompidos (121ª de 163).

O Índice de Percepção da Corrupção 2006 utiliza uma escala de 0 (muito corruptos) a 10 (ausência de corrupção), com base em sondagens e relatórios de instituições independentes como o Banco Mundial e o Fórum Económico Mundial.


Loading. Please wait...

Fotos popular