Pravda.ru

Federação Russa

Rússia: Podemos fazer escudo antimísseis cobriria Europa inteira

07.06.2007
 
Rússia: Podemos fazer escudo antimísseis cobriria Europa inteira

O Vladimir Putin, presidente russo, propôs na quinta-feira que os EUA colaborem com a Rússia no desenvolvimento conjunto de um sistema de defesa que substitua os planos dos Estados Unidos de criar um escudo antimísseis na Europa Central.

Em uma reunião com o presidente norte-americano, George W. Bush, durante a reunião de cúpula do Grupo dos Oito, Putin sugeriu que os Estados Unidos e a Rússia usem um radar no Azerbaijão para desenvolver um escudo antimísseis que cobriria toda a Europa.

"Podemos fazer isso automaticamente, e seu sistema de operação cobriria não apenas parte da Europa, mas a Europa inteira, sem exceção," disse Putin depois da reunião.

"Isso também permitiria não que redirecionássemos nossos foguetes (para alvos na Europa), mas, pelo contrário, criaria as condições para um trabalho em conjunto," afirmou Putin.

Ele prometeu na semana passada transformar a Europa em alvo, caso Washington levasse adiante seu plano de escudo antimísseis na Europa Central.

Este foi o primeiro encontro a sós entre os dois mandatários desde que Putin criticou o governo Bush em uma conferência em fevereiro, quando acusou Washington de impor sua vontade ao mundo e de se tornar "o único chefe" do planeta.

O principal alvo dos freqüentes ataques verbais de Putin desde aquele discurso é o plano de Washington de instalar 10 interceptadores de mísseis na Polônia e um radar na República Tcheca. Os dispositivos formariam um escudo que cobriria boa parte da Europa.

O projeto enfureceu Moscou, que afirma que tal escudo desestabilizaria o equilíbrio estratégico mundial e poderia ser usado para o lançamento de mísseis ou para espionagem contra a Rússia. Washington nega essas afirmações.

Putin, no entanto, parece ter adotado um tom mais conciliatório, dizendo que se os dois países cooperarem na defesa de mísseis, então "não teremos problemas."

Bush disse que quer ter boas relações com Moscou.

"Tem muita gente que não gosta quando a Rússia e os Estados Unidos brigam e criam tensões," disse Bush a jornalistas. "A Rússia é um grande país, assim como os Estados Unidos. É muito melhor trabalharmos juntos."

O assessor de segurança nacional da Casa Branca, Stephen Hadley, disse que a idéia de Putin de usar um sistema de radares da era soviética no Azerbaijão é "uma proposta arrojada." Ele disse que as autoridades norte-americanas teriam de estudar a oferta e discuti-la com os russos.

O radar Azeri, um dos maiores do mundo, fica no norte do Azerbaijão.

A estação de Qabala, em operação desde 1985, é controlada por militares russos. A Rússia usou o radar para monitorar a guerra entre o Irã e o Iraque, as guerras do Golfo Pérsico e a guerra do Iraque.

Fonte Reuters


Loading. Please wait...

Fotos popular