Pravda.ru

Federação Russa

Medvedev: Nossa posição é irreversível

02.09.2008
 
Medvedev: Nossa posição é irreversível

Era de esperar as variadas reacções dos parceiros na comunidade internacional, mas Ossétia do Sul já é legalmente um estado e a Rússia formula as suas relações de acordo com os benefícios do povo da Ossétia do Sul – e da Abcázia.

“Rússia já tomou todas as principais medidas que foram necessárias nesta situação. Como você deve perceber, esta não foi uma decisão fácil, mas era necessária. Reacções em outros países têm realmente sido variadas, e isso, provavelmente, seria de esperar. Os nossos vizinhos mais próximos foram completamente objectivos na sua reação. Eu encontrei com a maior parte dos líderes desses países na Cimeira da Organização de Cooperação de Xangai. Eles compreendem as motivações pelas decisões tomadas pela Federação Russa.

O reconhecimento é uma questão separada. Gostaria de lembrar que cada país faz a sua própria decisão individual em matéria de reconhecimento. Não há nenhuma ação coletiva nesta situação. Tomemos o exemplo do Kosovo. É evidente que alguns países irão concordar com a emergência de novos estados, enquanto outros vão considerar inoportuna o seu aparecimento. Mas, segundo o direito internacional, um novo estado se torne um sujeito de direito, como dizem os advogados, a partir do momento em que ganha reconhecimento de pelo menos um outro país.

De um ponto de vista jurídico, estes novos Estados entraram em existência agora. O processo do reconhecimento poderia ser longo, mas isso não irá afectar a nossa posição. Fizemos nossa decisão e que é irreversível. O nosso dever é o de assegurar a paz e a calma na região, e esta é a base da nossa posição”.

Dmitry Medvedev

Entrevista com canais de televisão Canal Um, Rossiya, NTV

31 de Agosto


Loading. Please wait...

Fotos popular