Federação Russa

Rússia fortalece valores morais que unem a nação

02.05.2013
 
Rússia fortalece valores morais que unem a nação. 18155.jpeg

Pela primeira vez na história moderna da Rússia no dia 1 de maio foi realizada a cerimónia de atribuição de medalhas de Herói do Trabalho, uma condecoração abolida após o colapso da União Soviética. As pessoas que trabalham a favor da Federação Russa foram destacados ao mais alto nível político.


"Temos de cuidar da nossa memória histórica, ter em nosso coração o orgulho da nação, que criou um grande país, o povo, que tem de natureza a habilidade para trabalhar sem poupar esforços, a capacidade para atingir os objectivos em conjunto. Devemos recuperar o respeito no trabalho para levantar prestígio das profissões que mantêm o país — engenheiros, desenhadores, operários, agricultores, professores, médicos. E devemos entender que a construção da Rússia forte e próspera  é um trabalho duro ", — disse o presidente Vladimir Putin na cerimónia da entrega das medalhas em São Petersburgo.

Os condecorados receberam uma medalha de ouro do mais alto padrão feita em forma de estrela e um diploma. O prêmio monetário não acompanha a condecoração, mas os nomeados estão privilegiados em vários serviços. Além disso, a terra natal do Herói do Trabalho receberá um busto em bronze dele (segundo a tradição soviética).  A primeira pessoa a ter recebido o título foi o diretor do Instituto de Neurocirurgia Burdenko,  Alexander Konovalov, que fez 10.000 cirurgias sofisticada e brilhantemente executadas.

"Sirvo para a Rússia" — assim dizem os militares russos, mas a medicina e o exército são semelhantes em  manterem o ritmo, acredita Konovalov.

O segundo condecorado é o chefe de orquestra mais requisitado no mundo. 760 concertos por temporada é um número impensável mas uma coisa comum para Valery Guergiev e sua equipa. No entanto, o maestro está pronto para trabalhar mais e estes dias tem realizado testes de acústica no salão reformado do teatro Mariinsky, em São Petersburgo. "Teremos a oportunidade de atrair  mais adicionais, literalmente milhões de pessoas do público" — disse o Guergiev.

O mineiro da região de Kuzbass, Vladimir Melnik, como diríamos nos tempos da URSS, é um stakhanovista (movimento que propulsava o aumento da produtividade operária com base na própria força de vontade dos trabalhadores). Juntamente com sua turma estabeleceu o recorde russo, produziu 4,5 milhões de toneladas de carvão anuais.

"O prémio material é uma coisa boa, mas deve haver também a motivação moral. E este prémio, eu acho, vai aumentar o prestígio da profissão de mineiro. E os jovens estão vindo para o emprego na mina. Não é de tal jeito, como antes, mas o prestígio da profissão tem aumentado", — disse Melnik. "Vocês são especiais", — concordou o presidente. "Nosso país sempre, especialmente em tempos difíceis, baseou-se na força dos braços fortes de mineiros e metalúrgicos ", — disse.

"Não, não sou nenhum herói, sou operário, para mim falar é mais difícil do que trabalhar"- confessou o quarto condecorado, Konstantin Chumanov. Torneiro Chumanov é operário da empresa russa de Rosatom (Corporação Estatal de Energia Atômica). Certamente fez uma contribuição pessoal para que a empresa se tivesse tornado uma das melhores do mundo.


  O tratorista e mecânico Yuri Konnov como seu avô, pai e irmão durante toda sua vida trabalhava no terreno. "Não concordo com aqueles que consideram a minha profissão desvalorizada. Trabalhei por 40 anos como mecânico e  não me arrependo que tinha escolhido essa profissão", — disse .

Apresentação da medalha de Herói do Trabalho dá a todas essas pessoas e seus colegas a confiança e motivação. "Vocês têm mãos de ouro, são personagens de temperamento forte, cada um é o orgulho e a herança do nosso país. Exemplo para todos, especialmente para os jovens que estão olhando para vocês, entendendo que é possível e é necessário atingir resultados da classe mundial"- disse o presidente.

De acordo com Putin, selecionar primeiramente os cinco primeiros era difícil por haver um monte de dignos, mas a seleção foi feita corretamente. "Hoje entendemos que precisamos de ir para a frente só contando com a nossa herança espiritual e cultural, tradição de milhares de anos de história do nosso país, fortalecendo os valores morais que unem a nação", — concluiu Putin.

Desde agora as novas estrelas de ouro serão concedidas anualmente em 1 º de maio, dia vermelho no calendário russo.

Lyuba Lulko

Pravda. Ru.

| More

Fotos popular