Pravda.ru

Federação Russa

Medvedev: Decisão de reconhecer Ossétia do Sul e Abcázia foi inevitável

01.09.2008
 
Medvedev: Decisão de reconhecer Ossétia do Sul e Abcázia foi inevitável

Sobre a decisão de reconhecer as Repúblicas da Ossétia do Sul e Abcázia

“Acho que esta decisão era inevitável na situação dada, e que foi eficaz, é claro para todos agora. Nós realmente tentamos ao longo destes 17 anos, a fim de manter junto um país que de facto estava a desintegrar-se, e nós incentivamos todos os esforços possíveis. As nossas equipas de manutenção de paz estavam dia e noite ajudando a parar os conflitos.

“Impedimos banhos de sangue de grande escala na década de 1990. Havia provavelmente hipóteses de alcançar um acordo se não fosse esta absurda aventura lançada pela liderança georgiana, que efectivamente pôs termo à espera que os abcazes, ossétios e georgianos poderiam viver juntos.

“Não só é pôr fim a essas esperanças, mas causou um grande número de mortes. Civis, entre eles os nossos cidadãos, perderam a vida. Forças de manutenção da paz, que estavam tentando manter as partes em conflito afastadas, perderam a vida. Forças de manutenção da paz georgianas que abriram fogo sobre seus próprios colegas… é um acto especialmente monstruoso.

“Todas estas coisas, em última análise, levaram a tomar estes acontecimentos mais dramáticos e graves. Não nos deram qualquer escolha, senão responder a este absolutamente insolente ataque, retornar à normalidade e proteger a vida e a dignidade do povo da Ossétia do Sul.

“Um plano separado para atacar Abcázia havia sido preparado. Nosso Estado-Maior General tornou-o público apenas recentemente. Este plano seguiu o mesmo cenário. Por isso, fizemos as nossas decisões, a fim de evitar futuras genocídios e êxodos de abcazes e ossétios a partir de seus territórios. Como disse, os eventos têm demonstrado que estas decisões foram evidentes e necessárias”.

Fonte: MRE Federação Russa


Loading. Please wait...

Fotos popular