Pravda.ru

Mundo

"A Ucrânia nunca será membro da União Europeia", afirma jornalista alemão

26.10.2016
 

"A Ucrânia nunca será membro da União Europeia", afirma jornalista alemão

Manuel Ochsenreiter, director do Centro Alemão de Estudos Eurásicos, chefe de redacção da revista alemã "Zuerst!", jornalista de profissão e presença habitual nos canais RT e PressTV, que em Portugal já colaborou com o semanário "O Diabo" e com a revista académica "Finis Mundi", encontrava-se na região de Donbass como orador convidado da Universidade de Lugansk.

Flávio Gonçalves*

No passado dia 22 de Outubro os alunos da Universidade Nacional Taras Shevchenko de Lugansk - normalmente apodada de Universidade de Lugansk - tiveram a oportunidade de ouvir uma conferência do jornalista e geopolitólogo alemão Manuel Ochsenreiter, que tem prestado especial atenção aos conflitos que têm surgido na Síria, na Crimeia e na Novorrússia (República Popular de Donetsk e República Popular de Lugansk), entre outros conflitos, acompanhando inclusivamente os combates no terreno como repórter de guerra.

Na sua exposição, Ochsenreiter defendeu a tese de que a União Europeia jamais aceitaria a inclusão da Ucrânia no seu território, afirmando que "a Ucrânia nunca será membro da União Europeia. Mas nós [referindo-se aos representantes da Europa] dizemos-lhes, aos cidadãos ucranianos, que com toda a certeza um dia serão membros da União Europeia e esta ideia é defendida, principalmente, por Poroshenko uma vez que o ajuda a acalmar aqueles cidadãos que não vivem nas melhores condições."

Reforçou ainda que "a Ucrânia seria um desastre completo no que diz respeito ao financiamento [europeu], naturalmente, até Merkel entende isto. Só alguém em extremo delírio é que iria permitir que a Ucrânia se tornasse membro da União Europeia." O orador defendeu a tese de que a ideia de inclusão na UE é defendida por Kiev "como um truque para adiar outras reformas mais sérias, reformas verdadeiras" tanto no sistema político como nas relações com a Rússia.

"Irão defender esta mentira mas, claro está, qualquer pertença real à União Europeia está fora de questão", reiterou Ochsenreiter.

*Com a agência DONi News

 


Loading. Please wait...

Fotos popular