Pravda.ru

Mundo

Mensagem de Natal: Paz, Amor e Respeito

24.12.2007
 
Mensagem de Natal: Paz, Amor e Respeito

Este será o quinto Natal da versão portuguesa da PRAVDA.Ru desde o nosso lançamento em 14 de Setembro de 2002. Este projecto, que funciona na base de voluntariedade, tem sido abraçado por todos os países membros da CPLP e da Comunidade Ibero-Americana com calor, amor e respeito, os fundamentos da mensagem de Natal.

O Natal serve para juntar as pessoas. Se alguns rotulam de hipocrisia o enviar de uma carta de Natal uma vez por ano a pessoas que nunca se vê, também pode ser rotulado de lembrança e boa vontade, que não são crimes. Se alguns rotulam de injusto uma mesa farta numa casa enquanto ao lado nem pão há para colocar na mesa, então serve para as pessoas fazerem algo.

Se o Natal serve para juntar as famílias e amigos, também serve para juntar as comunidades, e porquê não, a comunidade internacional, juntando não só pessoas mas também povos, credos, países, continentes num espírito de paz, amor e respeito.

Respeito pelas ideias, respeito pela integridade física, respeito pela sexualidade, respeito pelo espaço privado, respeito pela propriedade particular, respeito pela religião, respeito por direitos iguais e isso passa por respeito pela lei, quer ao nível local, quer nacional, quer internacional.

Se escolhermos esses ideais, não só no Natal mas ao longo do ano que vem, pelo menos o mundo não será um sítio pior. Esses ideais são conceitos simples de seguir e formam a base fundamental de qualquer e todas as religiões, são ideais e normas que, sendo implementados, por pessoas religiosas ou não, servem para melhorar as nossas comunidades.

Da nossa parte, no primeiro Natal em 2002, foi fácil agradecer os nossos correspondentes pessoalmente, referindo os seus nomes. No segundo, em 2003, também tentei mas agora passados 5 anos são tantos que nem faria sentido e não passaria de um rol de dez páginas em que os nomes das pessoas que enviam material original e interessante em nome do projecto, sem qualquer retorno pessoal, ficariam perdidos.

Porém, uma coisa posso garantir: não passam despercebidos. Gostaria de aproveitar desta oportunidade de dizer muito obrigado a todos os nossos correspondentes e leitores, vosso contributo é o que faz a diferença e é o que mantém a versão portuguesa viva, juntamente com o magnífico contributo dos correspondentes Lyuba e Dério em Moscovo.

Desejo um Feliz Natal a todos e um Ano Novo repleto de tudo que lhes dê a maior felicidade!

Timothy BANCROFT-HINCHEY

PRAVDA.Ru


Loading. Please wait...

Fotos popular