Pravda.ru

Mundo

Sérvios não aceitam a independência da província de Kosovo

22.01.2007
 
Sérvios não aceitam a independência da província de Kosovo

Os sérvios não aceitam a independência da província de Kosovo, é o resultado principal das eleições parlamentares realizadas neste domingo na Sérvia.

O Partido Radical Sérvio (SRS) que se declara contra a separação da província conseguiu ontem a maioria dos votos nas eleições legislativas antecipadas onde participaram por cerca de 60% dos 6,6 milhões de eleitores inscritos, de acordo com dados divulgados pelo CESID, (Centro para as Eleições Livres e Democracia). Segundo agências o SRS tem 28,5% dos votos, o que significa a conquista do 80 deputados no Parlamento de 250 lugares,  informou CESID.

28,5 por cento dos votos conquistados pelo Partido Radical Sérvio, é insuficiente para formar Governo sem uma coligação, o que se afigura improvável. A solução poderá passar por uma coligação entre os Partido Democrático da Sérvia e o Partido Democrático. Caso sonseguir a colisão , SRS presidido pelo antigo paramilitar Vojislav Seselj - que continua à espera de ser julgado por crimes de guerra pelo Tribunal Penal Internacional, em Haia, irá tentar colocar o candidato Tomislav Nikolic na chefia do parlamento .

Nikolic diz que o seu partido não aceitará a independência do Kosovo, mas garante que não provocaria uma guerra por causa da questão que esteve, aliás, no cerne do debate eleitoral, dada a proximidade da definição do estatuto final daquela província separatista de maioria albanesa e a secessão recente, ainda não inteiramente digerida, do Montenegro.


Loading. Please wait...

Fotos popular