Pravda.ru

Mundo

George e Laura Bush divorciar-se-ão depois da eleição por causa de Condi Rice?

21.07.2008
 
George e Laura Bush divorciar-se-ão depois da eleição por causa de Condi Rice?

Recentemente, muitos tablóides dos Estados Unidos têm estado repletos de rumores a respeito dos infortúnios da família de George W. Bush. A última bisbilhotice é a de que George e Laura Bush divorciar-se-ão depois das eleições de novembro.

O jornal La Repubblica, da Itália, escreveu, fazendo referência ao tablóide The National Examiner, que George e Laura Bush estavam planejando divórcio depois da eleição presidencial nos Estados Unidos.

De acordo com o tablóide de supermercado, George e Laura Bush raramente se falam. George está muito infeliz e não quer que Laura o deixe. Entretanto, escreveu o jornal, Laura está cansada de tudo; ela está a fim de viver a própria vida.

O casal ainda mantém vivo seu relacionamento só porque está contratualmente obrigado a ficar junto durante a presidênica de George W. Bush; não se trata, em absoluto, de uma questão de sentimentos.

Eles estão ambos certos de que prestaram enorme serviço a seu país. Fingem que seu casamento ainda está vivo a despeito do fato de que foi sepultado há muito tempo. O divórcio será mantido em segredo até que o presidente se aposente, escreveu o jornal.

O tablóide estende-se a respeito dos motivos que poderiam levar ao possível divórcio. O jornal acredita que George W. Bush vem tendo um caso com a Secretária de Estado dos Estados Unidos, Condoleezza Rice. Um ex-empregado da administração presidencial disse ao The National Examiner que Laura Bush uma vez passou a noite num hotel para ficar longe da Casa Branca.

Comenta-se que Laura Bush receberá pagamento de $20 milhões de dólares no caso de divorciar-se de seu marido.

É digno de nota que não foi a primeira vez que os tablóides dos Estados Unidos escreveram a respeito o caso de George W. Bush com Condoleezza Rice. A senhorita Rice tornou-se alvo de mexericos dos tablóides nos Estados Unidos há dois anos, em julho. Muitos jornais dos Estados Unidos escreveram, à época, que Condi tinha um caso amoroso com o Presidente Bush.

Wayne Madsen, especialista em segurança nacional, escreveu em 2006 que George W. Bush confessou, no decurso de uma sessão com seu psicólogo, que se sentia atraído por outras mulheres. Bush teria citado Condoleezza Rice como um dos objetos de suas fantasias.

Laura Bush cedo ouviu as fofocas. A primeira dama passou aquela noite no Mayflower Hotel de Washington. Tablóides escreveram que Laura Bush havia saído da Casa Branca depois de uma discussão com o Presidente Bush que aconteceu por causa do suposto caso dele com Condoleezza Rice.

Línguas ferinas lembraram a história de um deslize freudiano que aconteceu com a senhorita Rice durante uma reunião oficial em Washington. Condoleezza Rice, que sempre é meticulosa na escolha das palavras, teria dito o seguinte: "Como eu dizia a meu mari—" antes de abruptamente interromper o que dizia e corrigir-se: "Como eu dizia ao Presidente Bush."

A Srta. Rice ganhou a reputação de amiga da família Bush. Ela se tornou próxima do Presidente Bush especialmente devido ao fato de ser a única pessoa que encontra uma linguagem comum com Bush a fim de ensiná-lo a ser prudente em política externa.

Na verdade, diferentemente de seu predecessor, Colin Powell, a senhorita Rice mantém um relacionamento muito próximo com o Presidente Bush. Ela fala com ele ao telefone pelo menos uma vez por dia.

Mark McKinnon, ex-assessor de mídia do Presidente Bush, disse que não seria difícil para Condoleezza Rice obter um cargo mais elevado porque a mulher tem um potencial político ilimitado.

"Ela tem quatro qualidades essenciais na sequência perfeita: Republicana, mulher, africana estadunidense e secretária de estado," disse ele. "Não creio que exista estrela mais brilhante no horizonte político republicano do que Condi Rice," disse McKinnon.

Autor do post : Murilo Otávio Rodrigues Paes Leme
morpleme@gmail.com
pwindl@gmail.com


Loading. Please wait...

Fotos popular