Pravda.ru

Mundo

Corte argentina adia um dos julgamentos contra ex presidenta

19.05.2019
 
Corte argentina adia um dos julgamentos contra ex presidenta. 31013.jpeg

Corte argentina adia um dos julgamentos contra ex presidenta

Buenos Aires, (Prensa Latina) A Corte Suprema de Justiça freou por enquanto um dos julgamentos contra a ex presidenta e senadora Cristina Fernández referido a suposta corrupção na obra pública, que estava previsto para a próxima terça-feira.

De acordo com várias informações, o máximo tribunal, por quatro votos a favor e um contra, reclamou que lhe envie todo o expediente para analisar um pedido da defesa de Fernández e posteriormente se decidirá quando será o julgamento.

Esta decisão provocará uma demora no início do julgamento pela causa conhecida como Vialidade. Os especialistas que trabalham na pericia das obras estimam que culminarão em agosto, precisa o diário Página 12.

A ex mandataria tinha sido citada para um debate judicial sobre este caso, um dos vários que Claudio Bonadio, conhecido como o juiz antiK, tem aberta contra ela.

À ex presidenta imputa-lhe nesta ocasião por suposta adjudicação de 51 das 81 faz vias da província de Santa Cruz à companhia construtora do empresário Lázaro Baez.

A Corte pediu ao Tribunal Oral número 2 que lhe envie todo o expediente para analisar 'uma privação de justiça' proposta pelo advogado da ex mandataria, Carlos Alberto Beraldi. O letrado tinha pedido a realização de provas elementares como uma perícia sobre as obras questionadas.

Ontem também se conheceu que a Câmara Federal de Cassação Penal decidiu unificar em um só julgamento oral os processos pelas causas Hotesur e Os Sauces, na qual também envolvem à ex presidenta e vários membros de sua família por suposta lavagem de dinheiro vinculado as suas sociedades.

Em várias ocasiões a senadora por Unidade Cidadã tem reiterado ser vítima de uma perseguição judicial e política sem precedente.

São várias as causas que Bonadío lhes tem aberta que vão desde supostos delitos de associação ilícita até considerar o uso indevido do avião presidencial para supostos transportes dos diários nacionais à província de Santa Cruz nos fins de semana durante seu gerenciamento (2007-2015).

 

 

http://www.patrialatina.com.br/corte-argentina-adia-um-dos-julgamentos-contra-ex-presidenta/

 


Fotos popular