Pravda.ru

Mundo

Avião ao aterrisar se chocou contra árvores e muros: 87 mortos

17.09.2007
 
Avião ao aterrisar se chocou contra árvores e muros: 87 mortos

A caixa-preta do avião, que ao aterrisar este domingo (15) no aeroporto internacional da ilha de Phuket, Tailândia, se chocou contra árvores e muros, causando a morte de pelo menos 87 pessoas, foi encontrada enviada nesta segunda aos Estados Unidos.

 Entre as vítimas estão vários estrangeiros. No desastre, houve 43 sobreviventes", segundo informou o ministro tailandês da Saúde, Mongkol Na Songkhla. Dos 123 passageiros, 45 eram tailandeses e 78 estrangeiros.

O avião, do tipo MD-80, de fabricação norte-americana, da companhia com passagens de baixo custo One-Two-Go, procedente de Bangkok, tinha 130 pessoas a bordo, sendo sete tripulantes. Entre os sobreviventes, 15 são tailandeses e 28 estrangeiros. Mas os números ainda dependiam de comprovação das nacionalidades das vítimas.

"A equipe de legistas da Polícia realizará as autópsias para identificar os 87 mortos" - acrescentou o ministro. "Algumas vítimas sucumbiram às chamas, outras foram arremessadas do avião" - declarou o vice-governador da província, onde fica a ilha, Vorapot Ratsima.

O superintendente do aeroporto internacional de Phuket, Pornchai Eua-aree, confirmara mais cedo que 70% dos passageiros eram estrangeiros. A Polícia informou que vários passageiros foram retirados do avião, que saiu da pista de pouso por causa da chuva, se partiu em dois e pegou fogo.
Os hospitais de Phuket confirmaram ter recebido vários estrangeiros mortos e feridos.
Funcionários de um dos principais hospitais de Phuket disseram que algumas pessoas estavam em situação grave. Entre os estrangeiros havia cidadãos da Austrália, Áustria, Grã-Bretanha, Irã, República da Irlanda, Itália e Holanda.


Outros hospitais da ilha anunciaram que atendiam pessoas da Holanda e Suécia. A edição on-line de um jornal tailandês destacou que dois franceses estariam entre os feridos. Um médico afirmou ainda que as vítimas sofriam principalmente com pernas fraturadas e ferimentos na cabeça".

"O avião ia pousar, mas por causa do tempo ruim em Phuket, com ventos fortes e chuvas, talvez o piloto não tenha visto com clareza a pista" - explicou Angkauwan ao canal de notícias TiTV. "Só saberemos o que aconteceu quando analisarmos a caixa-preta. O avião se partiu em dois" - acrescentou. O comandante de polícia para a região de Phuket, Sokchai Limcharoen, anunciou que o acidente aconteceu às 15h35min locais (5h35 min de Brasília).


Loading. Please wait...

Fotos popular