Pravda.ru

Mundo

Obama mente, mente, mente: Nunca existiu "cerco do Monte Sinjar"

17.08.2014
 
Obama mente, mente, mente: Nunca existiu

Não esperamos que haja operação adicional para evacuar pessoas daquele monte, e é improvável que tenhamos de continuar a operação de lançar ajuda humanitária do ar, sobre o monte - Obama continuou.

Rompemos o cerco do ISIL no Monte Sinjar, disse Obama. Não esperamos que haja operação adicional para evacuar pessoas daquele monte, e é improvável que tenhamos de continuar a operação de lançar ajuda humanitária do ar, sobre o monte - Obama continuou. Essa declaração de "rompemos o cerco" é mentira. Nunca houve "cerco" a ninguém no Monte Sinjar ou arredores.

Os yazidis que fugiram foram rapidamente evacuados e chegaram à Síria, considerados bem-vindos, em operação executada por forças do Partido dos Trabalhadores do Curdistão, PKK na sigla curda, e YPG, de rebeldes curdos sírios. Há agora cerca de 15 mil yazidis na parte curda da Síria. Alguns milhares de refugiados podem ainda estar nas montanhas, mas os pastores nômades que vivem ali provavelmente os ajudarão e guiarão. O PKK já estava fazendo esse serviço três dias antes de acontecer a primeira ação dos EUA. Dia 6/8/2014, o GulfNews noticiou: "Militantes do PKK chegaram à área de Jabal Sinjar, onde estão protegendo os sinjaris contra ataques" de militantes - disse Penjweny. Mas outro funcionário do PUK alertou que talvez demorasse um pouco, antes de os civis poderem ser resgatados. 

"O PKK está trabalhando para abrir uma passagem segura para os desalojados; não é fácil e pode demorar vários dias" - disse Harem Kamal Agha. Aqui se vê um vídeo (a seguir, no fim do parágrafo), carregado dia 8/8/2014, sob o título "YPG e PKK resgatam refugiados de Sinjar", que mostra parte da operação de evacuação. Observem os caminhões-tanques com água e/ou gasolina, para manter a marcha dos refugiados.  Herbert Maddison tuitou imagens da área: Guerrilheiros #HPG [#PKK] no monte #Shingal / arredores de #Sinjar com yazidis tirados de lá, #Kurdistan #Iraque 9-8-2014. 

O PKK fez ainda mais do que resgatar os yazidis: 60 guerrilheiros PKK chegaram a Lalesh, local sagrado dos #yazidis, para defender o santuário pic.twitter.com/oJ8qEp1wnM #ISIS #ISIL #Kurdistan A única razão pela qual Obama mandou tropas e jatos para lá foi proteger a cidade de Erbil onde há um centro da CIA, o aeroporto internacional e prédios-sedes de várias empresas "ocidentais" de petróleo. Quando os jatos dos EUA começaram a bombardear umas poucas posições do ISIL próximas de Erbil, a maioria dos yazidis já estavam em segurança e a caminho para bem longe das montanhas. Os EUA anunciaram os primeiros ataques aéreos na 6ª-feira, 8/8/2014; mas o PKK iniciara a operação para ajudar os yazidis na 3ª-feira, 5/8/2014. Jamais houve qualquer bloqueio ou sítio e os yazidis estavam em segurança a caminho da Síria, onde os refugiados receberam ajuda também do PKK. 

Mas esse bom serviço, bem feito, foi serviço executado pelos socialistas do PKK e do YPG. O Departamento de Estado dos EUA classifica oficialmente o PKK como "grupo terrorista", por sua luta contra o estado turco. Diferentes da guerrilha peshmerga comandada pelo líder curdo iraquiano Barzani, aquele pessoal é treinado, tem disciplina para combate e podem ser bem sucedidos contra o ISIL e outras organizações jihadistas.

Mas esta é uma história que Obama não quer contar. Obama precisa de uma desculpa para reintroduzir o exército dos EUA no Iraque - mas para proteger as empresas norte-americanas que estão extraindo petróleo por lá e para pressionarem para mudar o regime ("golpe") em Bagdá. O "cerco" do Monte Sinjar foi primeira desculpa que apareceu à mão. Quase tão boa quanto o afundamento do Maine e o "incidente" no Golfo de Tonkin. 


[*] "Moon of Alabama" é título popular de "Alabama Song" (também conhecida como "Whisky Bar" ou "Moon over Alabama") dentre outras formas. Essa canção aparece na peça Hauspostille  (1927) de Bertolt Brecht, com música de Kurt Weil; e foi novamente usada pelos dois autores, em 1930, na ópera A Ascensão e a Queda da Cidade de Mahoganny.

Nessa utilização, aparece cantada pela personagem Jenny e suas colegas putas no primeiro ato. Apesar de a ópera ter sido escrita em alemão, essa canção sempre aparece cantada em inglês. Foi regravada por vários grandes artistas, dentre os quais David Bowie (1978) e The Doors (1967).

A seguir podemos ouvir versão em performance de Tim van Broekhuizen.  
http://redecastorphoto.blogspot.com.br/2014/08/obama-mente-mente-mente-nunca-existiu.html

http://goo.gl/986WTV
[A rede castorphoto é uma rede independente tem perto de 41.000 correspondentes no Brasil e no exterior. Estão  divididos em 28 operadores/repetidores e 232 distribuidores; não está vinculada a nenhum portal nem a nenhum blog ou sítio. Os operadores recolhem ou recebem material de diversos blogs, sítios, agências, jornais e revistas eletrônicos, articulistas e outras fontes no Brasil e no exterior para distribuição na rede]






O MENTIROSO EM CHEFE Moon of Alabama*Obama Lies - There Never Was A "Siege Of Mount Sinjar"Traduzido pelo pessoal da Vila Vudu Obama hoje [e, francamente, com cara de doente (NTs)]:


Loading. Please wait...

Fotos popular