Pravda.ru

Mundo

Último dia da presidência de Chirac

16.05.2007
 
Último dia da presidência de Chirac

Jacques Chirac que entrega hoje (16) formalmente o poder a Nicolas Sarkozy dirigiu ontem o seu último adeus aos franceses enquanto presidente da república. Num discurso emotivo de cinco minutos, na véspera da passagem de testemunho ao seu sucessor, Chirac falou de identidade nacional num piscar de olhos ao programa de Nicolas Sarkozy: "Sei que o vosso futuro presidente Nicolas Sarkozy tem como objectivo conduzir a França para os novos desafios do futuro e desejo-lhe boa sorte", segundo Euronews.

Chirac revelou ainda o que fará no futuro, fazendo alusão à Fundação para o Desenvolvimento Sustentável e diálogo de culturas que irá presidir. À hora da saída de cena aos 74 anos, o quinto presidente da quinta república, espera continuar presente na política francesa.

 Os franceses se lembrarão dele como o líder que conseguiu se opor aos americanos durante a guerra no Iraque. Chirac teve de enfrentar durante seus dois mandatos vários conflitos sociais graves e manifestações que envolveram milhões de pessoas.

Os violentos tumultos que abalaram as periferias das cidades francesas no fim de 2005 e deflagraram uma crise sem precedente na França significaram o fracasso da visão de Chirac de um país mais justo e tranqüilo. Hoje, a França é um país em que não pára de crescer o número de pessoas que moram em condições insalubres.

O seu novo escritório em Paris fica a apenas alguns passos do Parlamento. Chirac perde amanhã também a imunidade presidencial que o protegia dos vários processos judiciais que o perseguem desde há anos.

Entretanto o primeiro-ministro francês Dominique de Villepin apresentou ontem sua renúncia ao presidente Jacques Chirac. Villepin, de 53 anos, deixou o Eliseu (sede do governo francês) acompanhado até o portão por Chirac, 45 minutos depois de apresentar sua renúncia. Ambos posaram para uma foto final.

O ex-premier tinha assumido o cargo no dia 31 de maio de 2005 no lugar de Jean Pierre Raffarin, que caiu depois da vitória do "não" à Constituição européia.

Villepin disse desejar se afastar da "política partidária" e "servir" a seu país de "outra maneira", embora não tenha especificado como vai continuar sua carreira profissional. De acordo com todas as expectativas, o próximo primeiro-ministro será François Fillon, assessor próximo e fiel a Sarkozy.

 Putin se despediu de Chirac

O presidente da Rússia, Vladimir Putin enviou a Chirac  uma mensagem .

"É com um sentimento particular que envio esta mensagem", começa o texto.

"Agradeço a importante colaboração pessoal que você deu a uma aproximação constante da Rússia com a UE, na formação de uma Grande Europa", declara Putin na mensagem, que teve um trecho divulgado pelo Kremlin.

 


Loading. Please wait...

Fotos popular