Pravda.ru

Mundo

Democratas tomaram o Senado

09.11.2006
 
Democratas tomaram o Senado

Os democratas depois da vitória na terça-feira  nas eleições à Câmara dos Representantes completaram o seu triunfo quarta-feira ao assegurar igualmente o controlo do Senado dos Estados Unidos, com a vitória na Virgínia ,informou a imprensa americana na noite desta quarta-feira .

Depois de Montana, a Virgínia passou para o campo democrata com a vitória de Jim Webb contra o cessante senador republicano George Allen, segundo as estimativas das cadeias de televisão NBC e CBS, o que dá uma maioria de 51-49 para os democratas no Senado.

A oposição democrata já tinha conquistado terça-feira a Câmara dos Representantes, condenando o presidente norte-americano George W. Bush a uma difícil coabitação, devido essencialmente a um voto dos eleitores contra a política republicana na gestão da guerra no Iraque. Os democratas tinham imperativamente de ganhar os dois lugares em Montana e na Virgínia para conseguir o controlo do Senado.

Se os democratas e os republicanos tivessem terminado com uma igualdade de 100 lugares cada um, o Senado continuaria sob controlo republicano graças ao voto de qualidade do vice-presidente, Dick Cheney, que pelas suas funções é também presidente do Senado.

Os republicanos, na Casa Branca desde 2001, tinham a maioria da Câmara dos Representantes desde 1994 e controlavam também o Senado há 12 anos, com excepção de um pequeno período entre 2001 e 2003. Os democratas devem contar com pelo menos 229 eleitos na Câmara dos representantes, 51 senadores e 28 governadores em 50 possíveis.

Segundo os dados já conhecidos, os democratas devem igualmente conquistar a maioria em vários congressos locais.

Para obter a maioria no Senado, os democratas necessitavam de conquistar pelo menos seis lugares aos republicanos, sem perder um único assento. Poucos analistas acreditavam que esta prestação fosse possível antes das eleições. Para além da Virgínia, os democratas retiraram aos republicanos um lugar de senador nos Estados de Montana, Missouri, Ohio, Pensilvânia e Rhode Island.

 
Em Montana e na Virgínia, a vitória foi conseguida com uma margem de votos muito pequena.
Nestes dois Estados, os senadores republicanos cessantes continuam a recusar reconhecer a derrota, apesar dos peritos considerarem que a vitória democrata, mesmo ténue, está garantida.

Lusa


Loading. Please wait...

Fotos popular