Pravda.ru

Mundo

Maduro oferece asilo humanitário a Edward Snowden

08.07.2013
 
Maduro oferece asilo humanitário a Edward Snowden. 18481.jpeg

O presidente da República Bolivariana da Venezuela, Nicolás Maduro, ofereceu nesta sexta-feira (5) asilo humanitário ao norte-americano Edward Snowden, ex-agente de Inteligência dos Estados Unidos, perseguido pelo governo norte-americano depois de revelar o plano de espionagem mundial realizado pela CIA.


No desfile por motivo dos 202 anos da assinatura da Ata de Independência, no Passeio dos Próceres, em Caracas, Maduro expressou: "Como chefe de Estado de Governo da República Bolivariana da Venezuela, decidi oferecer asilo humanitário ao jovem estadunidense Edward Snowden para que possa viver na pátria de Bolívar e de Chávez".


Maduro explicou que a Venezuela decidiu oferecer esta figura do Direito Humanitário Internacional a Snowden para "protegê-lo da perseguição que se desencadeou pelo mais poderoso império do mundo, contra um jovem que o que fez foi dizer a verdade".


Diante da perseguição dos Estados Unidos sobre Snowden, Maduro se pereguntou: "Quem viola a lei internacional? Um jovem que decidiu, em uma atitude de rebeldia, dizer as verdades sobre a espionagem dos Estados Unidos contra o mundo ou um governo como o dos Estados Unidos, um poder como o das elites imperialistas que espionam o mundo inteiro?"


Quem é o violador do mundo? Um jovem de 29anos que denuncia os planos belicistas ou aquele governo dos Estados Unidos que lança bombas e arma a oposição terrorista da Síria contra o povo sírio e o presidente legítimo, Bashar Al Assad?, questionou.


Agência Venezuelana de Notícias
Fonte: Vermelho
http://www.patrialatina.com.br/editorias.php?idprog=376ff830e4695b5f4a487f430a5fa7b7&cod=11908
 


Loading. Please wait...

Fotos popular