Pravda.ru

Mundo

Zelaya aceita mediação de Costa Rica na crise hondurenha

08.07.2009
 
Zelaya aceita mediação de Costa Rica na crise hondurenha

O presidente constitucional de Honduras, Manuel Zelaya, aceitou nesta terça-feira (7) a mediação do dovernante da Costa Rica, Oscar Arias, visando terminar com o regime de fato instalado no país no último dia 28. "Aceitamos a interlocução de Oscar Arias", disse Zelaya em Washington, logo após reunião com a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, e outros funcionários do governo Barack Obama.

Conforme o presidente eleito pelo voto popular em 2005, não se trata de uma negociação nem de uma traição aos milhares de hondurenhos que saem às ruas para repudiar a quartelada e exigir o retorno de seu governante legítimo. "Há coisas que não se negocia, como o reestabelecimento da democracia e o retorno do presidente deposto. A restituição do governo não está em jogo. Não trairei o povo que está nas ruas", afirmou.

Conforme Zelaya, sua postura não significa deixar o povo sozinho em sua reivindicação, mas representa a busca de uma saída para a situação criada pelos golpistas. "A ordem e a democracia foram violentados. O retorno à paz passa pela restituição do governo eleito", reiterou.

Segundo Zelaya, os detalhes do diálogo serão discutidos com Arias. Para tanto ele viaja amanhã à Costa Rica. O governante de fato de Honduras, Roberto Micheletti, aceitou a mediação nesta terça-feira.

Fonte: agência Prensa Latina (http://www.prensa-latina.cu)


Loading. Please wait...

Fotos popular