Pravda.ru

Mundo

Onde está esta história? 4,7 milhões em risco de fome

06.04.2010
 
Onde está esta história? 4,7 milhões em risco de fome

Quatro ponto sete milhões de pessoas correm o risco de fome no Norte de África, devido a uma quebra de safra causada por falta de chuvas em 2009, mas a história, bem como os fundos, estão longe de serem vistos em uma mídia internacional mais preocupada com a vida particular de Tiger Woods.

O Gabinete da Organização das Nações Unidas para a Coordenação dos Assuntos Humanitários (OCHA) lançou um apelo urgente para mais fundos (133 milhões de dólares) de agências de ajuda e entre os parceiros para financiar a distribuição de ajuda alimentar no Níger, onde 5,7 milhões de pessoas são afetadas pela desnutrição e escassez de alimentos após a colheita do ano passado ter falhado em vastas áreas do país devido às chuvas insuficientes.

A situação é suficientemente ruim para merecer o uso do termo "plano de acção para emergência humanitária" para descrever a situação calamitosa enfrentada por essas pessoas, que estão em necessidade urgente de segurança alimentar, ajuda alimentar, água potável, saneamento e redes de higiene e infra-estruturas, de acordo com o OCHA.


O Gabinete da ONU emitiu a seguinte declaração sobre a crise no Níger: "inadequada ou má distribuição de chuvas tem causado grandes déficits no Níger no setor agrícola e de produção de forragem. As fracas colheitas criaram um défice de cereais de mais de 410.000 toneladas, enquanto a escassez de forragens foi estimada em mais de 16 milhões de toneladas ou 67 por cento das necessidades nacionais para o gado. Muitas fontes de água também secaram, aumentando as dificuldades que os pastores estão enfrentando".


Para Josette Sheeran, diretora executiva do Programa Alimentar Mundial (PAM), a situação no Mali tornou-se "um grande desafio humanitário", apesar do fato de que seu programa tem duplicado a ajuda alimentar para o Níger nos últimos meses.


As autoridades no Níger, o Supremo Conselho para a Restauração da Democracia (CSRD), que chegou ao poder após um golpe de Estado em 18 de fevereiro, apelaram para a ajuda internacional.


Esta não é a primeira vez que o povo de Mali foi deixado só pela comunidade internacional na sequência de uma colheita desastrosa, devido à falta de chuvas ou o flagelo de enxames de gafanhotos. No entanto, a mesma comunidade internacional vira um olho cego, porque Mali está situada na África e porque África foi rotulado como uma área de desastre. E ponto final.


"Onde está o Mali e de qualquer maneira, quem se importa?" É o soundbite tácito da primeira década do novo milénio, em que triliões de dólares são gastos em guerras para matar pessoas e um reles 133 milhões de USD não aparece para alimentar crianças contra fome.


Enquanto você lê estas linhas, poupe um pensamento para a OTAN e pergunta-se exatamente o que esta Organização feito para desenvolver o mundo? Porquê é que esta organização controla a política externa dos seus estados membros? E porquê é que OTAN chupa o dinheiro que a maioria de cidadãos informados dos seus Estados membros prefeririam doar para uma causa como a do Mali em vez de bombardear a Sérvia ou festas de casamento no Hindu Kush?


É de facto este o mundo que criámos e nós estamos felizes de vivermos nele? E que papel a imprensa internacional, mis e desinformar as pessoas, formando a opinião pública longe da verdade e centrando-se em banalidades e trivialidades, como a vida privada de Tiger Woods?


Timothy BANCROFT-HINCHEY
PRAVDA.Ru


Loading. Please wait...

Fotos popular