Pravda.ru

Mundo

Toda a família de Pinochet presa no Chile

05.10.2007
 
Toda a família de Pinochet presa no Chile

Sempre acreditamos que Augusto Pinochet foi cruel pelo seu empenho de eliminar fisicamente seus opositores , mas resulta que foi ademais um vulgar ratoneiro que roubou muito dinheiro para o repartir entre seus familhares e colaboradores.

 Os cinco filhos de Augusto Pinochet, sua viúva , Lucía Hiriart Rodrígues, e um grupo de colaboradores íntimos do ex-ditador do Chile foram presos ontem (04) por mandado da justiça chilena “devido a investigações sobre a fortuna acumulada secretamente pelo ex-ditador chileno em bancos estrangeiros”, segundo El Periodico.com.

Após receber a notícia , a viúva de Pinochet Lucía Hiriart Rodríguez, de 87 años, foi internada no Hospital Militar de Santiago com pressão alta. Os cinco filhos, Augusto, Lucía, Verуnica, Marco Antonio e Jacqueline Pinochet Hiriart, foram levados a um quartel policial onde foram notificados, tiveram as impressões digitais colhidas e foram enviados a diversos recintos penais.

 O juiz Carlos Cerda retomou há duas semanas a investigação de corrupção iniciada contra Pinochet logo depois que o Senado dos Estados Unidos revelou em 2004 que o ex-ditador possuía mais de uma centena de contas secretas em diferentes bancos nos EUA e em outros países.

Calcula-se que Pinochet movimentou cerca de US$28 milhões nessas contas.
O juiz Carlos Cerda disse ter ordenado as prisões por haver “sólidos indícios de que eles participaram na malversação de dinheiro público” durante a ditadura do general. Cerda terá de decidir se eles serгo mantidos presos ou se aguardarгo o julgamento em liberdade. Ele estima que os acusados se apropriaram de cerca de US$8 milhões dos cofres públicos. Entre os indiciados estão seis generais da reserva, entre eles dois estreitos aliados de Pinochet, Jorge Ballerino e Guillermo Garнn, antigo porta-voz do ditador.


"Esta é uma resolução ilegal, abusiva e contrária aos direitos fundamentais das pessoas, que deve ser corrigida pela Corte de Apelações ou a Suprema Corte", disse o advogado Pablo Rodríguez, que representa Lucía Hiriart.

Quando morreu, em 10 de dezembro de 2006, Pinochet era processado por fraude fiscal e por uso de passaportes falsos, além de ter perdido o foro privilegiado --passo anterior ao processo-- por desvio de fundos públicos.


Loading. Please wait...

Fotos popular