Pravda.ru

Mundo

Como funciona o processo eleitoral nos EUA?

02.02.2008
 
Pages: 123

Este ano, Florida e Michigan decidiram ter os primários mais cedo que a data estipulada pelo Partido Democrático - Super Terça-feira - e por isso foram penalizados pelo Partido Democrático e os delegados (210 no caso de Florida e 156 no caso de Michigan) não irão contar, a não ser que a situação seja alterada na Convenção Nacional. Na Convenção, quem tiver mais delegados pode decidir quais são “seated” (com assento, significando que têm voz e direito de votar). Os delegados da Florida, caso contem, iriam para Clinton, visto que nos estatutos deste estado, o vencedor leva todos, e no caso de Michigan, os delegados seriam partilhados entre Clinton e Obama.

As eleições para Congresso são simultâneas com as eleições Presidenciais?

As eleições para a Casa dos Representantes terão lugar no dia 4 de Novembro. Todos os 435 lugares da Casa serão contestados. Os Representantes são eleitos por um período de dois anos e os eleitos servirão no 111º Congresso dos EUA desde 3 de Janeiro de 2009 até 3 de Janeiro de 2011.

As eleições para o Senado terão lugar no dia 4 de Novembro. 35 dos 100 lugares serão contestados. Os vencedores vão servir desde 3 de Janeiro de 2009 até 2 de Janeiro de 2015 (seis anos). Um terço dos lugares é aberto a eleições de dois em dois anos (33 lugares).

O quê é Super Terça-feira?

Esta frase refere-se às eleições presidenciais primárias desde 1984, quando o maior número de Estados vota no mesmo dia – Terça-feira. Este ano é dia 5 de Fevereiro, quando 25 Estados têm seus caucus e primários. Cerca de metade dos delegados às Convenções serão escolhidos.

Então, quando são escolhidos os candidatos, o que acontece a seguir?

A Eleição Geral é no dia 4 de Novembro. O eleitorado em cada Estado vota pelo Presidente e Vice Presidente. A eleição decide-se não em quem recebe a maior parte do voto popular, mas sim o candidato que ganha nos Estados com maior número de votos no Colégio Eleitoral. O Presidente é eleito pelo Colégio.

Quem recebe a maioria dos votos – 270 é o mínimo, é o Presidente-eleito. Se nenhum candidato recebe esse número de votos no Colégio, o Congresso vota pelo Presidente.

Como assim?

O Congresso tem duas partes: O Senado e a Casa dos Representantes. Esta última recebe os votos do Colégio e verifica quem é o vencedor. Caso não haja uma maioria, a eleição é determinada pelo Congresso – a Casa dos Representantes vota pelos candidatos Presidenciais e o senado, pelo Vice Presidente.

Os eleitores se reúnem em cada Estado na Segunda-feira a seguir à segunda Quarta-feira em Dezembro, de acordo com um estatuto Federal. Há dois votos – cada eleitor coloca um voto pelo Presidente e pelo Vice Presidente. Quase sempre votam a favor dos candidatos aos quais são comprometidos, mas não são obrigados a isso pela Constituição. Os resultados de cada Estado são enviados ao Congresso para serem contados no dia 6 de Janeiro, na presença dos recém-eleitos Senado e Casa dos Representantes.

Este sistema permite aos candidatos concentrarem-se nos Estados com maior número de votos e que nem sempre votam pelo mesmo partido (“swing States”). John Anderson, Congressista durante mais que 20 anos e candidato Presidencial (Independente) em 1980, declarou “A Presidência se torna irrelevante para dois terços da nação. Todas as pessoas devem decidir mas a maioria são ignoradas”.

Em 2000, Gora ganhou o voto popular por 500.000 votos mais que Bush, mas perdeu a eleição no Colégio Eleitoral, por causa dos votos no Colégio Eleitoral da Florida. Em 2004, George Bush recebeu mais 3 milhões de votos do que John Kerry, mas se este tivesse ganho os votos eleitorais de Ohio, seria Kerry o Presidente.

Quais são as principais diferenças entre Republicanos e Democratas?

Os Republicanos tendem a representar menos actividade do Governo (até que chegou o Bush com seu estilo pessoal de totalitarismo tipo “Big Brother”), favorecendo os empresários; os Democratas representam mais actividade do Governo e programas governamentais, favorecendo o trabalhador, sindicatos, minorias, etc. Porém, são os dois limitados devido ao facto que são comprometidos perante as corporações, grupos de interesse e lobbies que financiaram suas campanhas.

Cada Estado envia um certo número de eleitores ao Colégio Eleitoral e estes votam pelo Presidente. Os Sete Grandes são California (55), Texas (34), New York (31), Florida (27), Pennsylvania (21), Illinois (21), Ohio (20).

Os Estados Médios são14: Michigan (17), Georgia, New Jersey (15), Virginia (13), Massachussetts (12), Indiana, Missouri, Tennessee, Washington (11), Arizona, Maryland, Minnesota, Wisconsin (10).

E depois há 30 Estados Pequenos:: Louisiana, Colorado and Alabama (9), Kentucky, South Carolina (8), Iowa, Connecticut, Oklahoma, Oregon (7), Arkansas, Mississippi, Kansas (6), New Mexico, Nebraska, Nevada, Utah, West Virginia (5), New Hampshire, Idaho, Hawaii, Maine, Rhone Island (4), Delaware, N. Dakota, S. Dakota, Alaska, DC, Montana, Vermont, Wyoming (3)

Puerto Rico também vota.

Lisa KARPOVA

PRAVDA.Ru

USA/CANADA

Pages: 123

Loading. Please wait...

Fotos popular