Pravda.ru

Mundo

Produção de drogas no Afeganistão cresceu após chegada dos americanos

01.06.2015
 
Produção de drogas no Afeganistão cresceu após chegada dos americanos. 22278.jpeg

Depois de 10 anos da ocupação militar americana, o Afeganistão produz 95% do ópio mundial (Reuters)

A produção de drogas no Afeganistão aumentou 50 vezes desde o início da operação militar dos EUA no país, em 200, e continua aumentando, declarou o Serviço Federal de Controle de Drogas da Rússia (FSKN na sigla em russo). Depois de 10 anos da ocupação militar americana, país produz 95% do ópio mundial.

Depois de 10 anos da ocupação militar americana, o Afeganistão produz 95% do ópio mundial Segundo o FSKN, os números de campos de papoulas no Afeganistão em 2014 mais uma vez se tornaram recordes em toda a história do país, e atingiram 224 mil hectares.

O famoso cientista político, especialista de estudos regionais e analista independente sobre problemas do Afeganistão, Paquistão e Índia, Pir Mohammad Molazehi, comentou as razões da situação atual. “Desde o começo, os americanos escolheram seus alvos e laços no mundo das drogas, o que lhes permitiu dominar o mesmo e garantir que a indústria das drogas continue crescendo. Há dados que em certas regiões eles aconselhavam as pessoas a obter o máximo de lucro do cultivo da papoula. Por isso os americanos nunca se colocaram o objetivo de combater as plantações de papoulas nem a produção das drogas."

“Em geral, a chegada dos EUA ao Afeganistão não só falhou de impedir o processo de produção de drogas, mas ao contrário, contribuiu para o seu aumento drástico”, disse o cientista político.

Que passos devem fazer as autoridades afegãs? A resposta foi dada pelo antigo ministro de controle de drogas afegão, General Khodaidad. Segundo ele, na situação atual a Organização para Cooperação de Xangai pode contribuir de forma positiva à situação no Afeganistão, e é necessário usar o seu potencial para combate ao terrorismo e controle de drogas afegãs.

“O cultivo e a produção de drogas no Afeganistão ficam fora do controle da comunidade mundial. A Organização para Cooperação de Xangai (OXC) deve agir mais ativamente na luta contra a produção de drogas, servindo como um tipo de ponte nesta questão entre a Rússia e as regiões de norte do Afeganistão.

Como se sabe, os EUA e a Otan gastaram US$ 7,8 milhões no combate ao cultivo e à produção das drogas no Afeganistão. No entanto, nos últimos anos essa produção não só não caiu, como pelo contrário, está aumentando. Isso quer dizer que todo esse dinheiro foi gasto em vão. Quanto à questão do terrorismo, os EUA e os seus aliados ocidentais não parecem mais a fim de lutar contra ele. Enquanto isso, com o governo novo do Afeganistão, os países da região, liderados pela Rússia, estão apoiando o país na área econômica e cultural.

É importante que o Afeganistão intente participar da cúpula de líderes da OXC em Ufa. Estou certo, que esta é uma boa chance para começar um diálogo construtivo e eficaz com os vizinhos do Afeganistão – não só nas áreas da economia, mas também no combate contra o terrorismo e o controle de drogas”.

Fonte: Sputnik News


Loading. Please wait...

Fotos popular