Pravda.ru

Desporto

«Heróis de Montevideu» voltaram a Portugal sem 6 jogadores

26.03.2007
 
«Heróis de Montevideu» voltaram a Portugal sem 6 jogadores

A selecção portuguesa de râguebi sem seus seis jogadores voltou hoje (26) de Montevideu, onde garantiu pela primeira vez a qualificação para um Mundial da modalidade. Os seis jogadores mencionados , segundo SIC, passaram a noite passada na cadeia em Montevideu depois de se terem excedido nos festejos da qualificação . Foram detidos pela policía local num dos restaurantes na zona velha de Montevideu por originarem os desacatos.

Levados para uma esquadra, onde passaram a noite, os seis jogadores foram apresentados a um juiz no domingo, que os libertou depois de ouvir a sua versão.

O advogado que defendeu os jogadores disse que o juiz decidiu arquivar o caso, tendo em conta a versão dos acontecimentos apresentada pelos atletas portugueses.

Os acontecimentos desagradáveis não impediram os familiares, amigos e simpatizantes dos «lobos», vestidos a rigor com as camisolas e os cachecóis de Portugal, de estar presentes de madrugada na Portela para saudar e homenagear os «heróis de Montevideu».

«Já somos campeões do mundo por chegar ao Mundial. Como disse aos jogadores, somos a primeira equipa amadora do mundo. Vencemos o nosso campeonato e agora no Mundial temos o objectivo de ganhar à Roménia», disse o seleccionador luso, Tomaz Morais, à chegada ao aeroporto, debaixo de uma euforia nunca vista pelo râguebi português.

Gritos de «Portugal, Portugal» e tarjas de «Parabéns lobos» e «Roménia, Escócia, Nova Zelândia, Roménia, tremam!» receberam a comitiva portuguesa, que aterrou na Portela pouco depois das 7:00, altura em o dia começava a nascer em Lisboa.

«Está lançada uma grande semente. Temos que ter a noção de que a responsabilidade aumentou para todos. Este foi um trabalho de há muito tempo. Foi preciso muita dedicação todos os dias para alcançar este grande objectivo. Acreditámos até ao fim e sabíamos que iríamos sofrer, mas conseguimos», realçou Tomaz Morais.

Desde as 05:30 no aeroporto da capital portuguesa, Nuno Carlos, adepto e antigo praticante, não quis deixar de estar presente no «momento de sonho de todos os amantes portugueses de râguebi».

«É fantástico. Conheço alguns dos jogadores e tinha que vir cá dar-lhes um abraço, a eles e a todos estes jogadores fantásticos que no sábado alcançaram um feito extraordinário para o desporto português», afirmou o ex-pilar.

Apesar da vitória na eliminatória frente ao Uruguai, Tomaz Morais e alguns jogadores partem ainda hoje para Hong Kong, onde no próximo fim-de-semana Portugal vai disputar mais uma ronda do circuito mundial de «sevens».

No sábado, Portugal perdeu com o Uruguai por 18-12 mas conseguiu a qualificação inédita para o Mundial de Râguebi, uma vez que em Lisboa tinha ganho por 12-5.

No grupo C do Mundial, a disputar em Setembro em França, Portugal vai ter como adversários a Nova Zelândia, Escócia, Itália e Roménia.


Loading. Please wait...

Fotos popular