Pravda.ru

Desporto

Brasa suada

13.06.2006
 
Brasa suada

Grupo G

Togo acordou o público com um golo por Mohamed Kader aos 30 minutos. O avançado recebeu a bola na coxa direita, virou, partindo a defesa sul-coreana e rematou forte, à direita do goleiro Lee Woon-Jae. 1-0 para Togo.

Aos 52’, o togolês Abalo foi expulso por acumulação de amarelos e veio o empate do resultante livre, convertido por Chun Soo Lee. 1-1. Togo, com dez homens, continuou a levar o jogo aos coreanos, mas faltando sempre o último toque, como se viu no caso de outras selecções africanas neste Mundial, nomeadamente Gana, Angola e Costa de Marfim. No entanto foi a República da Coreia a marcar o segundo e último golo da partida, aos 71’, por Junh Hwan Ahn.

No outro jogo no grupo G, França jogou com a Suiça num jogo cauteloso e táctico em que ninguém assumia riscos, excelente para os que sofrem de insónia. 0-0.

Aos 23’, Suiça teve um livre perigoso, mas Frei bateu no poste depois da marcação de Barnetta e aos 30’ o avançado francês Ribery atirou por cima. Durante a primeira parte, França começou a crescer mais, com Zidane e Henry a combinar cada vez mais, prometendo algo para a segunda parte.

Infelizmente nada aconteceu, o jogo ficou em banha-maria embora ambos os lados tenham tido hipóteses de marcar. França continua sem marcar num fase final desde que venceu a Copa em 1998 e agora percebemos por quê. Não é a força de outrora.

Próximos jogos: Dia 18: França-Rep. Coreia; 19 – Togo vs Suiça; 23 – Togo vs França e Suiça vs Rep Coreia

Entra o escrete

Kaká aos 43’ partiu o gelo que os croatas montavam a volta dos jogadores do Brasil, sufocando qualquer tentativa de construir jogo. Apenas uns flashes de Ronaldinho, Ronaldo totalmente apagado na primeira parte. No entanto, a defesa brasileira se mostrou sólida e apesar da Croácia ter utilizado bem o flanco esquerdo, chegando às vezes perto da área, foi o Brasil que mais atacou, e marcou. Ao intervalo, Brasil 1 – Croácia 0.

O segundo tempo dividiu-se em ondas, com ambas as equipas tendo oportunidades. Começou a Croácia com remates por Prso e Klasnic defendidos por Dida. Apareceu o Brasil, com Ronaldo aos 56’ (remate) e Ronaldinho aos 61’ (cabeçada), os dois sendo marcados fora do jogo por quatro croatas. Croácia cresceu outra vez, obrigando Juan a salvar uma situação de perigo aos 67’ e Srna a chutar por cima aos 68’. A entrada de Robinho por Ronaldo aos 68’ foi muito esperado mas nem por isso o ataque do escrete ficou mais perigoso.

Croácia marcou bem mas Brasil marcou o golo. Três pontos para o escrete. É inconcebível que estas duas equipas não passam para a fase seguinte.

Classificação Grupo F

Austrália (3 golos a favor, 1 contra) 3 pontos; Brasil (1-0) 1; Croácia (0-1) 0; Japão (1-3) 0

Próximos jogos

Dia 18: Brasil vs Austrália; Croácia vs. Japão; dia 22 Japão vs Brasil e Croácia vs Austrália

Timothy BANCROFT-HINCHEY

PRAVDA.Ru


Loading. Please wait...

Fotos popular